Futebol Produtividade e teste no Carioca: o plano do Botafogo na busca por Dedé

Produtividade e teste no Carioca: o plano do Botafogo na busca por Dedé

Alvinegro enxerga boa oportunidade de mercado envolvendo o zagueiro que, se saudável nas próximas semanas, deverá ser testado no Campeonato Estadual

Lance
Lance

Lance

Lance

O Botafogo tem uma aposta de risco nas tentativas de reforçar o elenco para a temporada 2022. Dedé é a bola da vez do Alvinegro, que vê no zagueiro uma boa oportunidade de mercado pelo baixo custo e risco que a possível contratação traz ao clube.

+ Botafogo sonha com Elkeson: saiba as contratações, saídas e sondagens do clube para 2022

Livre no mercado desde que deixou o Cruzeiro, Dedé chegaria sem custos de transferência ao Botafogo. Os salários do jogador seriam baixos até mesmo pensando na realidade financeira do Alvinegro. O contrato, caso tudo der certo, será válido até o Carioca com uma cláusula de renovação para o Campeonato Brasileiro.

O clube também tenta se resguardar pela condição física do zagueiro, que não atua oficialmente desde 2019 e convive com lesões desde então. Se entender que Dedé não está performando bem ou passou muito tempo machucado, o Alvinegro pode romper o contrato - ou simplesmente não renova-lo para a disputa do Brasileirão.

A questão física talvez seja o principal ponto que envolva a situação de Dedé. O zagueiro realizou uma bateria de exames no Estádio Nilton Santos nesta terça-feira e só assinará se o resultado for positivo. O Botafogo só seguirá com a negociação se enxergar que o jogador terá mínimas condições de contribuir, mesmo que ainda longe do nível que já apresentou um dia.

+ Botafogo sonha com Elkeson para 2022 e tem conversas iniciais com staff do atacante, livre no mercado

A diretoria do Glorioso entende que é um bom nome. A partir da necessidade de ter mais um zagueiro no elenco e colocando o Campeonato Carioca como teste, Dedé chega em um contexto que une o útil ao agradável. Recentemente, o clube encaminhou a renovação de Lucas Mezenga, também defensor.

A produtividade é outro assunto que está em pauta. Dedé terá que mostrar serviço se quiser continuar vestindo a camisa alvinegra até o fim de 2022. Com história de destaque no Vasco e fim melancólico de passagem no Cruzeiro, o zagueiro precisa escolher qual caminho quer seguir para ter a passagem marcada no Estádio Nilton Santos.

Últimas