Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Presidente do TJD-RJ justifica punição de Tiquinho Soares, do Botafogo: 'Ação grave'

Atacante é suspenso pelo TJD-RJ por conta da expulsão no jogo contra o Flamengo

Futebol|

Lance
Lance Lance

Presidente do TJD-RJ, Renata Mansur explicou os motivos que culminaram na punição de 30 dias para Tiquinho Soares. O atacante do Botafogo foi advertido por conta da expulsão no jogo diante do Flamengo em Brasília.

– Qualquer julgador cria em cima de uma pedido. Nesse caso, houve um pedido da procuradoria em cima do artigo 35 do CBJD, que prevê, em caso grave de violência, uma suspensão preventiva. Muita gente afirmou que esse tipo de punição só existe em dopagem. No caso de dopagem, a suspensão é obrigatória. No caso de violência, o procurador pode fazer o pedido. Eu analisei o vídeo, entendi que era uma ação grave, e concedi - declarou Renata em entrevista ao "ge".

+ Relembre 10 vezes que a arbitragem foi agredida em um campo de futebol

+ Sergipe x Botafogo: árbitro relata agressões e ameaças de morte na súmula: 'Eu vou te matar'

Publicidade

Ao longo da entrevista, Renata também revelou que haverá um julgamento na próxima segunda-feira para que Tiquinho possa se defender da acusação. O jogador é um dos pilares da equipe alvinegra e será um desfalque de peso nas próximas rodadas.

+ Resende x Botafogo: onde assistir, prováveis escalações e desfalques para jogo do Campeonato Carioca

O Glorioso entra em campo no próximo domingo, diante do Resende, às 16h, no Kléber Andrade (Espirito Santo), em partida válida pelo Campeonato Carioca. Sem Tiquinho, Luís Castro deve entrar em campo com Matheus Nascimento.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.