Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Presidente do São Paulo anuncia data para inauguração de estátua de Telê Santana no Morumbi

Julio Casares anunciou obra que homenageará maior treinador da história tricolor 

Futebol|

Lance
Lance Lance

O presidente do São Paulo, Julio Casares, anunciou por meio de suas redes sociais na noite da quinta-feira (12) que o clube inaugura no próximo dia 25, data do aniversário da capital paulista e da própria agremiação, uma estátua em homenagem ao técnico Telê Santana no Morumbi.

- Depois do camarote dos ídolos e o reconhecimento dos grandes ícones da nossa história, chegou a vez de eternizar o “Mestre Telê Santana”. Dia 25 de janeiro, faremos a inauguração da estátua do técnico que nos levou as nossas maiores conquistas da história. Olê, olê, olê, Telê, Telê, Telê... - escreveu Casares.

+ Veja quanto os times brasileiros recebem dos patrocinadores master

+ Confira as principais negociações do futebol nacional no Mercado da Bola do L!

Publicidade

Segundo informações do portal 'Gazeta Esportiva', a obra deverá ser colocada em um espaço entre os portões 1 e 2 da casa são-paulina, o que a deixará visível para os transeuntes que passarem no local pela via pública, na Praça Roberto Gomes Pedrosa.

Oficialmente, o São Paulo ainda não divulgou informações sobre a estátua.

Publicidade

A obra é mais uma da série de homenagens que o clube fez a Telê e seus ídolos da histórica temporada de 1992, ano em que o clube conquistou Mundial de Clubes, Copa Libertadores e Campeonato Paulista.

Em dezembro, uma série de integrantes daquele plantel, incluindo os titulares Vítor, Zetti, Raí e Macedo, estiveram no Morumbi autografando o livro oficial lançado pelo clube sobre aquele ano, escrito pelo historiador Michael Serra.

Publicidade

Sobre Telê, especificamente, o clube lançou uma terceira camisa especial que faz alusão ao agasalho usado pelo treinador ao longo daquela temporada.

Telê, falecido em 2006, comandou o Tricolor ao longo de 410 partidas entre 1973, quando teve uma curta passagem pelo Morumbi, e 1990 a 1996. Foram 198 vitórias, 121 empates e 91 derrotas.

O ex-ponta é, de longe, o treinador com o maior número de títulos na história são-paulina: 22 no geral, sendo dez deles oficiais.

> Confira jogos, classificação e simule os resultados do Paulistão-23

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.