Presidente do Milan admite: 'Temos alguns jogadores infectados'

Com a possibilidade de retorno do futebol na Itália, Paolo Scaroni afirma, sem revelar nomes, que há atletas com coronavírus, mas que o clube pretende regressar ao trabalho

Lance

Lance

Lance

Nas últimas semanas, os clubes italianos começaram a se preparar para um possível retorno do futebol no país. No entanto, surgiram novos infectados ligados à modalidade, em times como Fiorentina e Sampdoria. Em entrevista ao 'Calciomercato', o presidente do Milan, Paolo Scaroni admitiu que há jogadores infectados pelo coronavírus no clube rossonero.

- Temos alguns jogadores infetados. No entanto, o centro de treino está aberto e vamos regressar ao trabalho, sempre mantendo o distanciamento social. Temos de nos habituar a viver com o vírus, sobretudo no futebol. Não podemos parar até que ele desapareça - disse

Vale ressaltar, que desde o início da pandemia, o clube só havia informado sobre os casos de Paolo e Daniele Maldini. Ambos já estão recuperados da doença após o período de quarentena e isolamento social. Apesar da revelação, o dirigente não revelou os nomes dos novos atletas que testaram positivo para a doença.

Até o momento, a federação e o governo italiano ainda ão definiram as novas datas para o retorno do Campeonato Italiano, que foi suspenso em março, e desde então segue com as atividade paralisadas por causa do COVID-19. Os clubes pretendem encerrar a temporada em campo, mesmo que seja com os portões fechados.