Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Presidente do Fluminense, Mario Bittencourt reclama de pênalti em Nino na derrota para o Grêmio

Mandatário detona atuação do VAR no fim da partida

Futebol|

Lance
Lance Lance

Pouco depois da derrota do Fluminense para o Grêmio, Mario Bittencourt, presidente do Tricolor das Laranjeiras, detonou a arbitragem após um suposto pênalti não marcado em Nino no fim da segunda etapa. Em uma dividida com Rodrygo Ely, o zagueiro do Time de Guerreiros caiu dentro da área por conta de um pisão do adversário.

- Aparentemente, desligaram o VAR antes do jogo acabar em Porto Alegre. Essa é a única explicação para o árbitro não ter sido chamado. Uma vergonha que mais uma vez prejudica o Fluminense - disse o presidente nas redes sociais.

Além de Mario Bittencourt, Felipe Melo não fez questão de esconder sua insatisfação e afirmou que o Fluminense teria sido roubado na Arena do Grêmio. O defensor disse não temer sofrer um gancho da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) por conta de suas reclamações nas redes sociais.

Com a derrota o Fluminense foi ultrapassado pelo Grêmio, permanece com 31 pontos e caiu para a 4ª colocação. O Tricolor das Laranjeiras tem uma semana inteira para trabalhar visando à partida contra o América-MG, pela 20ª rodada do Brasileirão.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.