Futebol Presidente do Barcelona explica invasão alemã na Europa League

Presidente do Barcelona explica invasão alemã na Europa League

Diversos torcedores do Frankfurt conseguiram ingressos para duelo das quartas de final, o que revoltou torcida culé

Lance
Lance

Lance

Lance

Joan Laporta, presidente do Barcelona, explicou a invasão alemã ao Camp Nou no duelo contra o Frankfurt pelas quartas de final da Europa League. Em coletiva, o mandatário pediu desculpas e afirmou que houve um problema no sistema de vendas.

- O clube não foi culpado, mas é o máximo responsável. O clube não vendeu entradas aos alemães além dos cinco mil (ingressos) que a Uefa obriga. Houve mais de 27 mil petições da Alemanha e o sistema ficou sobrecarregado. Os mecanismos foram superados e ineficientes.

> Veja a tabela da La Liga

Lluís Miguel Venteo, chefe de segurança do Barcelona, explicou que havia uma previsão com grande presença de alemães na Catalunha, mas que a surpresa ficou por conta da entrada do grupo no Camp Nou.

- Tínhamos a premissa de que viriam este número de torcedores, mas sem entrada. Não estava previsto e quando abrimos as portas, vimos que eles estava na entrada e provavelmente tinham ingressos. A surpresa foi que tinham ingresso.

No confronto, o Barcelona saiu de campo derrotado por 3 a 2 pela Liga Europa e foi eliminado da competição. Após a queda, o clube catalão enfrentou o Cádiz com protesto da Grada de Animación, a torcida organizada culé que não compareceu ao estádio.

Últimas