Futebol Pouco inspirado, Flu empata com Macaé e avança na Taça Rio

Pouco inspirado, Flu empata com Macaé e avança na Taça Rio

Time de Odair Hellmann fez mais uma partida ruim após o retorno do Campeonato Carioca, mas está com o 1º lugar praticamente assegurado

Lance
Fred, por pouco, não marcou pelo Fluminense

Fred, por pouco, não marcou pelo Fluminense

Lance

O Fluminense continua sem marcar gols depois do retorno ao Campeonato Carioca. Nesta quinta-feira, pela 5ª rodada da Taça Rio, o Tricolor ficou no empate por 0 a 0 com o Macaé, no Estádio Elcyr Resende, em partida sem torcida e sem transmissão da televisão. Com atuação irregular e pouco inspirada, o time de Odair Hellmann segue sem convencer, mas está classificado para a semifinal da competição.

Com esse resultado, o Flu avança, mas aguarda o jogo do Volta Redonda para saber a posição no Grupo B. Tricolor torce para que o Voltaço não ganhe por cinco gols de vantagem para avançar em primeiro. Se isso acontecer, encara o Botafogo com a vantagem do empate. Se cair para segundo, o time das Laranjeiras encara o Flamengo. O zagueiro Matheus Ferraz levou o terceiro cartão amarelo e está suspenso na semifinal da Taça Rio.

Depois de uma reestreia fraca, o técnico Odair Hellmann promoveu algumas alterações na equipe do Fluminense. O meia Nenê, recuperado da covid-19, entrou na vaga de Paulo Henrique Ganso. Já Wellington Silva, que havia testado negativo, mas teve contato com um infectado, substituiu o atacante Evanilson. No lugar de Egídio, expulso contra o Volta Redonda, deu lugar a Orinho na lateral esquerda.

O retorno de Nenê deu mais movimentação ao Fluminense. Sem posição fixa, o meia foi o que mais correu durante o primeiro tempo, apesar de ter diminuído o ritmo da parte final. No entanto, o Tricolor teve dificuldades para furar o bloqueio do Macaé. Forçando muitas bolas verticais e usando menos do que poderia os lados do campo, ocupados por Marcos Paulo e Wellington Silva, o time de Odair Hellmann estava muito ansioso. Apesar de ter mais posse de bola e finalizar mais, a equipe não criou chances claras.

O segundo tempo foi mais complicado para o Fluminense. Mais lento, Odair promoveu as entradas de Caio Paulista e Fernando Pacheco para dar um gás novo e mais velocidade pelos lados. No entanto, o time continuou com dificuldades para criar chances reais de gol. Aos 20 minutos, o treinador ainda tirou Nenê para a entrada de Ganso, mudando a característica da equipe.

Com Ganso, o Fluminense continuou trabalhando a bola e tentando buscar espaços, mas não teve sucesso. A equipe intensificou o ritmo após as substituições e buscou se aproveitar do cansaço do adversário fazendo mais pressão, mas não conseguiu furar a defesa adversária. A última bola do jogo, porém, foi do Macaé. Aos 46 minutos, Antônio chutou para defesa parcial de Muriel. A bola voltou e ele cruzou para Alexandro, sem goleiro, chutar por cima do gol. Essa foi a melhor oportunidade da partida.

Na etapa inicial, Fred apareceu bem como pivô, mas perdeu a chance mais clara que o Fluminense criou. Após passe de Marcos Paulo pela esquerda, ele tentou o chute de primeira na entrada da área, mas furou. O camisa 9 ficou em campo quase o jogo todo, mas acabou substituído por Evanilson aos 38 minutos do segundo tempo. Mais uma vez o jogador passou em branco.

MACAÉ X FLUMINENSE

Data/Hora: 02/07/2020, às 17h30
Local: Estádio Elcyr Resende, Saquarema (RJ)
Árbitro: Paulo Renato Coelho
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Corrêa e Daniel Oliveira Alves Pereira

Cartões amarelos: Matheus Ferraz, Ganso e Fernando Pacheco (FLU)

MACAÉ: Jonathan; Filippe Formiga, André Ribeiro, Anderson, Maranhão (Luquinha); Wagner Carioca, Júnior Santos (Eduardo Guimarães), Ronan, Kaique (Anderson Canhoto (Antônio); Richard (Patrick), Alexandro. (Técnico: Charles Almeida)

FLUMINENSE: Muriel; Gilberto, Nino, Matheus Ferraz, Orinho; Hudson (Dodi), Yago Felipe, Nenê (Ganso); Wellington Silva (Fernando Pacheco), Marcos Paulo (Caio Paulista) e Fred (Evanilson). (Técnico: Odair Hellmann)

Dois anos sem lutar e Belfort está mais forte do que na época do UFC

Últimas