Futebol Por conta da crise, Bayern pode contratar apenas Sané e um lateral

Por conta da crise, Bayern pode contratar apenas Sané e um lateral

Antes da crise provocada pelo coronavírus, bávaros planejavam fazer de quatro a cinco contratações. Kai Havertz se distancia por alto valor e clube investe na renovação do elenco

Lance
Lance

Lance

Lance

A imprensa alemã asseguram que o Bayern de Munique entrou em um acordo por cinco temporadas com o atacante Leroy Sané após o jogador ter dado o “sim” em conversa com o técnico Hansi Flick por telefone. No entanto, o clube que planejava fazer de quatro a cinco negócios, está focado em acertar com o atleta do Manchester City e pensa em contratar um lateral por conta da crise provocada pelo coronavírus.

Um dos grandes nomes da temporada do futebol do país, Kai Havertz, do Bayer Leverkusen, está fora dos planos bávaros por conta do alto valor. A saída do jovem pode custar cerca de 90 milhões de euros (R$ 540 milhões), o que é visto como inviável devido ao impacto financeiro nos cofres dos clubes do mundo inteiro. Upamecano, zagueiro do RB Leipzig, também interessa o gigante alemão e pode sair por 40 milhões de euros (R$ 240 milhões), valor mais acessível, mas ainda alto.

Dessa forma, o Bayern investe também na renovação dos atuais atletas do elenco, como Muller e Thiago. O time também espera estender vínculo com Alaba e aguarda uma resposta positiva de Neuer. Sané pode ser mais um jovem a se juntar com Kimmich, Sule, Gnabry e Davies, atletas que são vistos como o futuro da equipe pela diretoria.

Últimas