Futebol Pituca revela choro, pedido para não ser vendido e desejo de voltar bem ao Santos

Pituca revela choro, pedido para não ser vendido e desejo de voltar bem ao Santos

Em Live, Diego Pituca revelou pedido especial ao presidente Andres Rueda e confirmou o desejo de voltar ao Peixe no futuro, mas não apenas para se aposentar no clube

Lance
Lance

Lance

Lance

O ex-volante do Santos, Diego Pituca, participou da live do DIÁRIO DO PEIXE na noite desta quarta-feira. Torcedor declarado do Peixe, Pituca chegou ao clube em 2017, vindo jogar na equipe B. Foi promovido, virou titular e um dos ídolos da torcida. Com a camisa santista foram 155 jogos e oito gols. Ele falou sobre a importância do Santos em sua vida.

- Santos para mim e tudo. Aquele sonho de criança, de poder estar jogando no time do coração, sou muito grato ao Santos por tudo. Pela oportunidade que me deu de jogar, por realizar meu maior sonho que era falar para minha mãe que ela já podia sair do serviço, então o Santos para mim é tudo e faz parte da minha vida. É o pedaço da minha vida, não tenho palavras, só tenho que agradecer mesmo. Muito obrigado ao Santos, espero voltar e continuar a minha história com a camisa do Santos, com esse manto e obrigada de coração - declarou Diego Pituca.

Ele não esconde a vontade de retornar ao Santos, mas não pensa em voltar para se aposentar no clube e quer voltar bem. Pituca falou sobre estar em "divida" com o Peixe e quer conquistar um título pelo clube.

- Quero voltar no Santos, mas não para aposentar. As pessoas falam de aposentar e ir para o Santos velho, mas não. Eu quero voltar para o Santos bem, não adianta voltar e estar mal. Quero voltar o Santos para conseguir títulos, construir mais história. Esse é o meu objetivo - afirmou o volante.

Diego Pituca foi negociado com o Kashima Antlers por US$ 1,6 milhão (cerca de R$ 8,2 milhões). A negociação existia desde o ano passado, mas foi concretizada somente depois que Andrés Rueda assumiu a presidência do clube. O jogador revelou que não queria ser vendido e quase chorou ao presidente Rueda.

- Deixei bem claro que não pretendia sair do Santos. Quando chegou a proposta oficial a gente teve uma reunião com o Rueda, meu empresário e todos saíram, só ficou eu e o Rueda dentro da sala. Foi até engraçado, eu falei "presidente não me vende, deixa eu ficar aqui" e ele falou "queria muito ficar com você, mas você sabe a situação financeira do Santos". Cheguei a falar "Presidente, vende outro e me deixa ficar" e ele falou "não, você tem essa proposta, vai ser boa e você vai estar ajudando o Santos". Se é para ajudar o Santos então falei que podia assinar, mas quase chorei para ele me deixar continuar no Santos. Mas, pelo menos pude ajudar o Santos com um pouco, pagando salário e isso me deixa um pouco confortável porque pelo amor que eu sinto pelo Santos eu abro mão das coisas - revelou o jogador.

Últimas