Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Perto de Romero, Corinthians está no limite da cota de estrangeiros

Caso Ángel Romero retorne, clube alvinegro fica com um a mais dos possíveis inscritos em competições nacionais

Futebol|

Lance
Lance Lance

Com a contratação de Ángel Romero encaminhada, o Corinthians terá um problema para o início da temporada 2023. Isto porque, com a vinda do paraguaio, o limite de estrangeiros presentes na equipe estoura.

Embora não exista uma cota de 'gringos' que um clube brasileiro pode ter, há no que se diz respeito à inscrição em competições nacionais. De acordo com a regra da Confederação Brasileira de Futebol, um time só pode ter até cinco de fora do país em seu plantel para disputar as partidas destes campeonatos.

Artilheiros da Copa do Mundo 2022: veja lista de jogadores que marcaram

Veja tabela da Copa do Mundo e simule os próximos jogos

Publicidade

Até o momento, o Timão se reapresentará com Fábian Balbuena, Victor Cantillo, Fausto Vera, Bruno Méndez e Rafael Ramos. Conforme o LANCE! divulgou anteriormente, mesmo que Romero já tenha se despedido do Cruz Azul, do México, seu contrato vai até o final do ano. Desta forma, o Corinthians preferiu esperar os primeiros dias de janeiro para anunciá-lo de forma oficial.

Para que o Corinthians possa aproveitar todos os estrangeiros nas competições nacionais, será preciso estabelecer um rodízio de jogadores que serão relacionados para cada jogo - caso não existam futuras saídas. A questão principal é: quem poderá começar a ser cortado?

Publicidade

Fábian Balbuena chegou no meio do ano. Antes de retornar ao Timão, estava Dínamo de Moscou, na Rússia. Entretanto, não jogava desde maio, devido à guerra com a Ucrânia, que paralisou os campeonatos. A ideia é que formasse uma dupla na zaga com Gil. mas não foi bem o que aconteceu por causa da falta de ritmo que apresentou. A expectativa é ver se o paraguaio vai recuperar de vez o ritmo que se espera do seu desempenho - como visto em 2016.

Sobre Cantillo, o colombiano começou o ano sendo titular com Sylvinho, mas perdeu espaço com a chegada do técnico Vítor Pereira. Ele chegou a ficar mais de 10 jogos seguidos sem ser titular na reta final da temporada e a última vez que começou um confronto entre os 11 iniciais foi em agosto. Ainda não há definição sobre seu futuro, mas este é seu último ano de contrato com o Timão.

Publicidade

Fausto Vera também foi um reforço que chegou em 2022 na equipe e rapidamente elevou o nível dos volantes alvinegros. Muito disso por causa das lesões de Maycon e Paulinho. Nesta temporada, foi titular em 22 dos 26 jogos que disputou.

Bruno Méndez estava emprestado ao Internacional, mas retornou ao Corinthians neste ano. Mesmo com poucos jogos, chama atenção e pode ganhar espaço por se adaptar na lateral, mesmo que seja zagueiro de origem. Neste ano, conseguiu boas oportunidades na Copa Libertadores.

Quanto a Rafael Ramos, é uma das heranças de Vítor Pereira. Pedido do ex-treinador, o lateral-direito foi anunciado em abril e, ao todo, esteve presente em 24 jogos. Neste ano, causou polêmica por um suposto caso de injúria racial contra Edenilson, do Internacional.

Ángel Romero defendeu o Timão entre 2014 e 2019. Após as lesões dos atacantes Adson e Gustavo Mosquito, o Corinthians passou a intensificar as buscas no mercado por um atleta de beirada de campo - desta forma, é provável que caso o acordo seja mesmo oficializado, alguns dos estrangeiros perca espaço em determinadas partidas para a entrada de Romero.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.