Péricles Chamusca revela monitoramento e até aplicativo para atletas do Al Faisaly

Nesta quarta-feira o técnico participou de um debate com Fábio Carille, que hoje está à frente do também saudita Al-Ittihad, para discutir as dificuldades deste período de pausa

Lance

Lance

Lance

Nesta quarta-feira pela manhã, o técnico Péricles Chamusca, do Al-Faisaly da Arábia Saudita, participou de um debate com Fábio Carille, que hoje está à frente do também saudita Al-Ittihad, para discutir o futebol brasileiro no país do Oriente Médio e as dificuldades encontradas neste período de pausa. Chamusca contou como tem feito com sua comissão técnica para controlar o trabalho feito pelos jogadores enquanto estão em quarentena.

- O que temos tentado fazer é dar orientações gerais aos atletas. Na questão de alimentação, treinos… Mandamos os programas. Agora estamos acrescentando o aplicativo que vai ter acesso às atividades que estão fazendo, ter o controle de intensidade, tempo, horário… Tudo pelo aplicativo. Vamos, também, fazer reuniões semanais com os atletas por videoconferência. Já fizemos essa semana, inclusive - disse Péricles, que comentou:

- Tudo que se vai fazer agora, são situações que nunca vivenciamos, né? Estamos criando modelos para um momento que nunca ninguém viveu. Não sabemos a data de retorno, depende do que vai acontecer no mundo todo. Após as férias, vamos voltar com à programação semana-a-semana para controlar o máximo de atividades.

Apesar de ser uma situação nova na carreira, o treinador revelou que o Al-Faisaly conseguiu se preparar bem antes de a quarentena ser decretada na Arábia Saudita. A intenção, segundo o comandante, era “monitorar” e tentar voltar à frente dos demais quando tudo se normalizar no futebol.

- Antes da parada mandamos um questionário a eles, para identificar o que cada um tem de condição em casa, saber o que é possível fazer na questão de treino, o que estão tendo de dificuldades em relação a alimentação, sono… Tentamos monitorar todo o processo à distância e ter o máximo de informações possível. Para termos o atleta na melhor condição possível quando houver a possibilidade de retorno.