Futebol Pênalti perdido coroa pior temporada de Fagner pelo Corinthians

Pênalti perdido coroa pior temporada de Fagner pelo Corinthians

Lesões prejudicaram 2022 do atleta, mas parte técnica comprometeu e o jogador também foi um dos vilões do vice

Lance
Fagner perdeu um dos pênaltis na final da Copa do Brasil

Fagner perdeu um dos pênaltis na final da Copa do Brasil

Lance

Com a escassez de laterais-direitos na seleção brasileira, Fagner fatalmente seria convocado se fizesse uma temporada boa. Porém, 2022 foi o pior ano do jogador com a camisa do Corinthians, desde o seu retorno ao clube, em 2014. E o pênalti perdido na final da Copa do Brasil, contra o Flamengo, só coroou isso.

É bem verdade que lesões sérias o tiraram de 27 dos 65 jogos do Timão nesta temporada, mas quando ele esteve à disposição, não foi o atleta que se esperava. A parte física comprometeu bastante, já que a cada vez que ele se machucava tinha que passar pelo processo natural de transição e retorno gradativo, que interferiu na condição técnica dele. O camisa 23 também esteve fora de forma durante parte da temporada, o que incomodou até mesmo o técnico Vítor Pereira.

E o Corinthians sofreu com a ausência do seu lateral, não só quando ele esteve fora, mas até mesmo quando ele esteve presente, mas longe de jogar no nível técnico que o consagrou.

Poucos atletas de defesa têm a capacidade de interferir diretamente no desempenho coletivo, a ponto do time sentir muito a sua saída. Fagner é uma dessas exceções. E não ir bem em 2022, prejudicou muito o clube do Parque São Jorge.

No confronto decisivo diante do Fla, o defensor fez mais um jogo discreto. E a impressão que dá é que ele também não se encaixou como era o esperado no esquema de Vítor Pereira. O jogador tem sido menos agudo e participativo no setor ofensivo. Mas isso também pode passar pela idade, que chega para todos e no caso de Fagner está batendo à porta. Já são 33 anos.

Em níveis estatísticos, o camisa 23 até foi bem participativo no meio-campo para frente, com seis assistências. Mas se pararmos para observar, metade delas foram em jogos da primeira fase do Campeonato Paulista, sendo que duas foram no mesmo jogo, contra a Ponte Preta. O jogador também não fez gols até aqui, neste ano, algo que só aconteceu nos anos de 2017 e 2018.

Flamengo campeão! Confira as melhores fotos da final da Copa do Brasil

Últimas