Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Pênalti e reserva: saiba como a direção do São Paulo trata a situação de James Rodríguez

Meia não cobrou pênalti nas quartas do Paulistão

Futebol|

Lance
Lance Lance (Lance)

James Rodríguez ainda é pauta no São Paulo após as polêmicas sobre sua permanência no clube. Reserva do time, ele entrou na segunda etapa da eliminação para o Novorizontino, no Paulistão, e não participou das cobranças de pênalti, que resultaram na derrota tricolor.

➡️ Tudo sobre o Tricolor agora no WhatsApp. Siga o nosso novo canal Lance! São Paulo

➡️ Aposte R$100 na Lance! Betting e ganhe mais de R$190 se Bahia e Vitória empatarem pela Copa do Nordeste!

A diretoria, porém, deixa todas as decisões nas mãos do técnico Thiago Carpini e trata a questão com naturalidade. Segundo o presidente Julio Casares, se James Rodríguez desperdiçasse a cobrança, por exemplo, seria criticado.

Publicidade

- A escalação de pênalti e falta é da comissão técnica. Futebol é bonito por isso, ele bateu dois pênaltis e perdeu. Se perdese falaríamos isso. Temos que ter cautela, nós nem falamos disso ainda. Foi um jogo triste com o resultado final, 55 mil pessoas. A nossa gratidão ao torcedor do São Paulo, o trabalho continua - afirmou o mandatário, à Espn.

Após a partida contra o Novorizontino, Carpini explicou os motivos do meia colombiano não cobrar o pênalti.

Publicidade

- Em relação aos pênaltis, nós temos um relatório do que trabalhamos na semana com o percentual de cada um. Mas no dia a gente também ouve o feedback do atleta, por estar seguro ou não, e temos que levar isso em conta também, se o atleta está à vontade ou não. Ele não pediu para não bater. Só que outros atletas se manifestaram antes, esperamos a manifestação dos atletas e seguimos assim. Gostaria de exaltar a personalidade do Diego, que quis bater. Erramos todos e caímos de pé, convictos com o que foi feito - disse.

Após confirmar a permanência no São Paulo, James Rodríguez não conseguiu sequência como titular e tem entrado no segundo tempo das partidas. O Tricolor volta a jogar somente pela Libertadores, no início de abril.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.