Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Pedro justifica ausência em treino do Flamengo

Atacante, que recebeu tapas e um soco do ex-preparador físico Pablo Fernández, alegou dores no rosto ao não comparecer no CT

Futebol|Do R7


Flamengo quer punir Pedro por indisciplina
Pedro alega dores no rosto e não comparece ao CT (Foto: Marcelo Cortes/CRF)

Nesta segunda-feira (31), o Flamengo se reapresentou ao Ninho do Urubu, no Rio de Janeiro, para iniciar os treinamentos focados no jogo contra o Olimpia, pela Copa Libertadores. As atividades, no entanto, não tiveram a presença de Pedro, que sofreu agressão no último sábado (29). O atacante alegou estar com dores no rosto para justificar a ausência.

A reapresentação do elenco estava marcada para às 9h (horário de Brasília), desta segunda-feira (31), mas o atacante não esteve no CT para treinar. Inicialmente, Pedro não fez nenhum comunicado ao Flamengo de que iria se ausentar, e a justificativa chegou bem depois do horário das atividades ao clube. A informação foi divulgada por 'Mauro Cezar' e confirmada pela reportagem.

· Compartilhe esta notícia pelo Whatsapp

· Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Publicidade

Pedro recebeu três tapas e um soco no último sábado (29), por Pablo Fernández, ao final do jogo contra o Atlético-MG. O ex-preparador físico de Jorge Sampaoli considerou a atitude do camisa 9 em se recusar a aquecer com os demais jogadores como 'desrespeito à ordem', fato que motivou a agressão.

Após o ocorrido, Pedro informou que faria o registro de um boletim de ocorrência. O jogador foi à delegacia acompanhado de Thiago Maia, Pablo e Everton Cebolinha, que testemunharam a seu favor. O preparador Pablo Fernández também foi depor, em um carro separado, acompanhado de membros da diretoria, como o vice-presidente de futebol, Marcos Braz, e o diretor executivo da pasta, Bruno Spindel.

Publicidade

O Flamengo trata o assunto internamente, e já prepara a conclusão dos trâmites para o desligamento de Pablo Fernández, que foi demitido. O Rubro-Negro já conversou com o técnico Jorge Sampaoli, que se manteve no cargo e comandou as atividades desta manhã.

Veja tudo que se sabe sobre o caso do preparador físico que deu um soco na boca de Pedro

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.