Pedrinho pode deixar Corinthians com menos de dez jogos em 2020

Meia-atacante deve ser anunciado pelo Benfica. Caso Timão seja eliminado na fase de grupos do Paulista, o camisa 10 teria apenas mais três jogos na equipe

Pedrinho assumiu a camisa 10 do Corinthians nesta temporada

Pedrinho assumiu a camisa 10 do Corinthians nesta temporada

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Camisa 10 do Corinthians nesta temporada, o meia-atacante Pedrinho pode deixar o clube que o revelou com menos de dez partidas nesta temporada caso o Timão seja eliminado na fase de grupos do Campeonato Paulista. O pupilo alvinegro tem negociações avançadas com o Benfica, de Portugal, e deve se transferir para a Europa no meio deste ano.

Eliminado precocemente da Copa Libertadores e brigando para se garantir nas quartas de final do Paulistão, o Corinthians tem apenas mais três jogos para conseguir a classificação no estadual. Se cair antes disso, ficará mais de um mês sem partidas oficiais e pode ver Pedrinho indo embora com, no máximo, sete jogos como dono da histórica camisa 10 alvinegra.

No Corinthians desde 2013, Pedrinho passou por quase todas as categorias de base do clube antes de se profissionalizar, em 2017, sob o comando de Fábio Carille. Recentemente, seu empresário Will Dantas afirmou que o sonho do jogador era vestir a camisa 10 do Timão por conta da identificação com o clube e também com a Fiel.

Com a saída de Jadson, antigo dono da 10 corintiana, Pedrinho herdou a numeração. O problema, no entanto, é que o meia-atacante não fez a pré-temporada com o restante da equipe e perdeu os primeiros jogos do Timão em 2020 já que estava com a seleção brasileira sub-23 disputando o Pré-Olímpico, na Colômbia.

Veja mais: Serasa no Corinthians não é o único! Veja patrocínios curiosos no futebol

O primeiro jogo do meia pelo Alvinegro neste ano, sua estreia com a 10, foi contra o Guaraní-PAR, pela Copa Libertadores. Com apenas 28 minutos em campo, Pedrinho foi expulso e deixou o Alvinegro em péssima situação na partida. Daí em diante, ele fez apenas mais três jogos com a camisa do Corinthians - dois deles saindo do banco de reservas.

O Benfica pagará 20 milhões de euros (R$ 108 milhões na cotação atual) pelos direitos econômicos de Pedrinho. O Corinthians ficará com 70% da bolada, enquanto os outros 30% ficará com o agente do meia-atacante. Ainda há uma cláusula por metas que pode render ao Timão mais 2 milhões de euros caso o jogador alcance objetivos preestabelecidos.

Veja mais: Devendo R$ 536 mi, Itaquerão sediará feirão para endividados

O clube português permitiu que Pedrinho jogasse no Corinthians até o fim da atual temporada europeia, entre o fim de junho e o começo de julho. Com isso, o camisa 10 estará à disposição de Tiago Nunes para os três próximos jogos do Paulistão (Ituano, Palmeiras e Oeste). A permanência do jogador para o início do Brasileirão deve ser confirmada pelo Benfica, mas ainda necessita de aprovação dos europeus.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

Ronaldinho não é primeiro! Lembre jogadores que já foram para cadeia