Futebol Paulinho nega ter sido consultado sobre novo técnico e celebra primeiro gol em retorno ao Corinthians

Paulinho nega ter sido consultado sobre novo técnico e celebra primeiro gol em retorno ao Corinthians

Na primeira partida do meia como titular desde o seu retorno, camisa 15 marcou o tento que deu a vitória por 3 a 2 do Timão sobre o Ituano, fora de casa

Lance
Lance

Lance

Lance

Foram 3179 dias entre o último gol de Paulinho pelo Corinthians, em 25 de maio de 2013, na primeira passagem do meia pelo clube do Parque São Jorge, e o tento que deu a vitória ao Timão por 3 a 2, de virada, sobre o Ituano pela quarta rodada do Campeonato Paulista, neste domingo (6), primeiro do jogador em seu retorno ao Time do Povo.

E o feito aconteceu justamente na reestreia do atleta como titular pela equipe alvinegra. Foi o quarto jogo do ídolo corintiano desde a volta dele ao time paulista, mas nas três anteriores ele havia entrado no decorrer da partida. Já contra o Galo de Itu, Paulinho começou como titualr e foi fundamental para o triunfo.

> GALERIA - Cai bem no Timão? Confira técnicos estrangeiros livres no mercado
> TABELA - Confira e simule os jogos do Corinthians no Paulistão

Na saída de campo, o camisa 15 classificou o momento como especial e celebrou o tento de cabeça, aos 26 minutos do segundo tempo, que garantiu o três pontos ao Corinthians.

- Momento especial. Acho que depois de alguns meses, jogar uma boa parte do jogo e conseguir fazer o que tem que ser feito. Um resultado importante no momento em que a gente vem vivendo, três pontos importantíssimos e importante para dar sequência, porque semana que vem tem mais - afirmou o jogador na saída de campo à HBO Max.

O momento citado por Paulinho se refere à demissão do técnico Sylvinho, na última quarta-feira (2), após a derrota corintiana por 2 a 1 para o Santos, em plena Neo Química Arena, pelo Paulistão. O Timão agora está em busca de um novo técnico, mas Paulinho negou que a diretoria tenho o consultado para ser referência na busca do próximo comandante corintiano.

Por sua vez, o atleta falou sobre a importante de peças experientes no elenco, como ele próprio e o seu companheiro de meio-campo Renato Augusto, na organização do time em campo.

- Acho que com o passar do tempo a gente adquire experiência em campo. Eu e o Renato (Augusto) nos conhecemos há anos. Quando tomamos o gol, era momento de ter calma e paciência para voltar a partida - destacou o camisa 15.

Antes de voltar ao Timão, Paulinho já havia marcado 34 gols com a camisa do clube. Com o primeiro no retorno, o número subiu para 35.

Últimas