Futebol Passe espetacular e gol de mão anulado: Fluminense foi adversário do Barcelona na despedida de Maradona

Passe espetacular e gol de mão anulado: Fluminense foi adversário do Barcelona na despedida de Maradona

Ídolo argentino estava de saída do clube espanhol antes de se transferir ao Napoli; Flu perdeu nos pênaltis após empate no tempo normal

Lance
Lance

Lance

Lance

Diego Armando Maradona foi um dos maiores jogadores do futebol. Nesta quarta-feira, o mundo se despede do ídolo argentino, morto após sofrer uma parada cardiorrespiratória em sua casa, aos 60 anos. E as histórias de Maradona e do Fluminense se cruzam. Em 1984, o Tricolor enfrentou o Barcelona (ESP) no que foi a despedida do craque do clube catalão antes da transferência para o Napoli (ITA)

Naquela ocasião, o jogo acabou empatado em 2 a 2 no tempo normal e o Barça venceu na disputa de pênaltis. Na tentativa de aumentar o interesse pelo futebol no mercado americano, o New York Cosmos promoveu diversas competições no país ao longo dos anos. Em 1984, o Flu foi convidado ao lado de Barcelona, Udinese e do próprio time da casa para jogar no Giants Stadium. O clube tricolor, vale lembrar, havia acabado de sagrar-se campeão brasileiro e entrou em campo logo no dia seguinte.

Como o Fluminense perdeu o primeiro jogo para a Udinese e o Barcelona acabou derrotado pelo Cosmos, as duas equipes definiram o terceiro lugar do torneio. O Tricolor tinha sua base campeã treinada por Parreira, com Ricardo Lopes; Aldo, Duílio, Vica e Branco; Leomir, Renê e Romerito; Wilsinho, Washington e Paulinho. Paulo Victor, Jandir, Deley, Tato e Assis ficaram fora pois estavam servindo à Seleção Brasileira. Pelo Barça, o time era formado por Amador; Oswaldo, Migueli, Valor e Leiva; Olmo, Estella, Husillos e Maradona; Clos e "Mágico" González, comandados por César Luis Menotti.

Barcelona 2x2 Fluminense 1984

Barcelona 2x2 Fluminense 1984

Lance

Fluminense e Barcelona se enfrentaram em 84 (Foto: Reprodução)

Com cerca de 40 mil presentes no estádio, a partida teve bom nível técnico. O Flu até foi melhor, mas acabou parando em boa atuação do goleiro Amador. Aos 27 minutos, quando o Barcelona equilibrou as ações, Mágico Gonzales foi agarrado por Duílio na entrada da área. Maradona cobrou a falta na barreira, mas Estela aproveitou o rebote para marcar. Aos 44, porém, Romerito lançou para Aldo, que foi ao fundo e cruzou para Paulinho pegar de primeira e marcar.

Já na segunda etapa, os espanhóis foram para cima e marcaram mais um aos 10 minutos. Maradona iniciou com passe espetacular para colocar Gonzales na cara do goleiro Ricardo Lopes e ampliar. Dois minutos depois, Aldo cruzou e Paulinho foi derrubado na área. Romerito cobrou o pênalti e recolocou a igualdade no marcador. Ainda deu tempo de Maradona marcar um gol de mão no confronto, quase prevendo o que aconteceria dois anos depois, contra a Inglaterra, na Copa do Mundo, mas o árbitro anulou o lance.

A prorrogação era disputada em dois tempos de dez minutos cada, com morte súbita, isto é, um gol encerraria a disputa. O Fluminense teve as melhores chances, mas não marcou. Na disputa de penalidades, Romerito acabou perdendo a primeira cobrança, defendida por Amador, que se adiantou na jogada. O árbitro mandou voltar, mas o craque paraguaio isolou a segunda oportunidade. Husillos, Mágico González, Maradona, Giménez e Canizares converteram para o Barcelona, enquanto Duílio, Paulinho, Washington e Leomir marcaram para o Flu, que perdeu por 5 a 4.

Maradona estreou pelo Napoli dois meses depois, em 2 de agosto de 1984, na goleada por 13 a 1 contra o Castel di Piano, em amistoso. Ele marcou quatro gols naquela ocasião.

Barcelona x Fluminense

Barcelona x Fluminense

Lance

Barcelona e Fluminense em 1984 (Foto: Reprodução)

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 2X2 BARCELONA

Data: 3 de junho de 1984
Local: Giant Stadium, Nova Jersey (EUA)
Público: 40 mil presentes
Árbitro: Robert Evans (EUA).

Cartões amarelos: Olmo, Clos e Husillos (Barcelona); Renê, Duílio e Paulinho (Fluminense).
Gols: Estella (27'/1ºT); Romerito (44'/1ºT); Mágico González (10'/2ºT); Paulinho (12'/2ºT).
Pênaltis: Barcelona 5 x 4 Fluminense.

Fluminense: Ricardo Lopes; Aldo, Duílio, Vica e Branco; Leomir, Renê e Romerito; Wilsinho, Washington e Paulinho. Técnico: Carlos Alberto Parreira.

Barcelona: Amador; Oswaldo, Migueli (Canizares), Valor e Leiva (Giménez); Olmo, Estella, Husillos e Maradona; Clos e "Mágico" González. Técnico: César Luis Menotti.

Últimas