Futebol Para Rivaldo, novo presidente do Barcelona pode reabrir possibilidade para manter Messi no clube

Para Rivaldo, novo presidente do Barcelona pode reabrir possibilidade para manter Messi no clube

O embaixador da Betfair comentou ainda sobre a eliminação de Messi e Cristiano Ronaldo nas oitavas de final da Champions League: 'Sinal dos tempos'

Lance
Lance

Lance

Lance

Depois de ter sido derrotado em seu próprio campo pelo PSG por 4x1 na primeira partida das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa, o Barcelona acabou sendo eliminado da competição com um empate no segundo jogo. Mas o craque Rivaldo, em entrevista à Betfair, disse que gostou da mudança no desempenho do clube.

Veja a tabela do Espanhol

- Tal como eu tinha mencionado na semana anterior, seria quase impossível ao Barcelona reverter a eliminatória contra o PSG em Paris, porém o time chegava em boa forma e tinha a oportunidade de limpar sua imagem na partida de volta - afirmou Rivaldo.

- E foi exatamente isso que sucedeu, com o Barcelona tendo uma excelente atuação que até me levou a pensar durante o primeiro tempo de que ainda poderia ser possível uma virada - disse o ex-jogador.

- A equipe criou muitas chances para marcar – o Dembélé perdeu umas duas e o Messi acabou também perdendo um pênalti –, então o time poderia ter saído para o intervalo vencendo por 1x2 ou 1x3, e isso poderia tirar a tranquilidade do time francês que, em minha opinião, entrou somente para deixar o tempo correr e acabou levando alguns sustos por conta disso - falou.

Jogando dessa forma, ainda é possível conquistar o Campeonato Espanhol
- O Barcelona está fora da Liga dos Campeões por conta da fraca atuação no Camp Nou no jogo de ida contra o PSG, mas atualmente o time está jogando muito melhor e mostrando grande atitude e confiança dentro de campo, então é preciso acreditar que ainda há títulos para conquistar na temporada - disse.

Com a final da Copa do Rei garantida e o Atlético Madrid com somente seis pontos no topo da tabela da La Liga, o craque acredita que existem boas possibilidades de o time levantar uma taça até o final da temporada.

- Além disso, a chegada de um novo presidente – bem conhecido dos jogadores e com grandes sucessos no clube – sempre dá uma animada no grupo e aumenta sua confiança e responsabilidade, então é preciso acreditar que o final de temporada ainda pode ser feliz - apontou Rivaldo .

Com Laporta na presidência, Messi poderá reconsiderar sua permanência no clube
Na opinião do embaixador da Betfair, a eleição de Juan Laporta para a presidência do Barça pode reacender a esperança do clube e da torcida de que Lionel Messi possa ficar no time e renovar o contrato por mais algum tempo.

- Eu digo isso porque Laporta e Messi se conhecem muito bem, e o atacante argentino conquistou muitos títulos coletivos e individuais na época da primeira passagem de Laporta pelo clube”, ponderou. “Então com certeza agora ele estará mais predisposto a conversar com o clube no sentido de tentarem entrar em um acordo - falou o craque.

- Claro, se Messi já tiver fechado acordo com outro clube – como o Manchester City ou PSG – tudo fica mais difícil, porém oficialmente nada se sabe, então tudo pode ainda acontecer até o verão. Com Laporta suas chances de permanecer no clube aumentam consideravelmente - apontou.

Eliminação precoce de Cristiano Ronaldo e Messi é um sinal dos tempos
- Como na vida o tempo não perdoa e o fato de que pela primeira vez desde 2005 não teremos Cristiano Ronaldo nem Lionel Messi nas quartas de final da Liga dos Campeões só vem confirmar que nada é eterno no futebol - disse Rivaldo.

- Com a idade chegando para ambos é natural que se torne mais complicado para eles fazerem a diferença dentro de campo, e que seus times nem sempre acabem chegando às finais - falou.

- Por outro lado, isso abre espaço para que outros jogadores mais jovens possam aparecer”, comentou Rivaldo. “Eu destacaria o atacante do Borussia Dortmund, Erling Haaland, que vem fazendo uma campanha espetacular com os alemães e está se afirmando como grande estrela do futebol - disse.

- Posso dizer o mesmo do Kylian Mbappé, que quase sozinho acabou eliminando o Barcelona com aquela atuação na Espanha, e embora não tenha se destacado tanto no jogo de volta, com certeza voltará a fazer das suas no que falta disputar na competição - concluiu.

Últimas