Futebol Pai de Willian, do Arsenal, diz que Corinthians poderia pagar salário do filho: 'Jogar no Timão não tem preço'

Pai de Willian, do Arsenal, diz que Corinthians poderia pagar salário do filho: 'Jogar no Timão não tem preço'

Severino Vieira da Silva foi entrevistado pelo programa "Arena SBT" na última segunda-feira e falou do interesse do Alvinegro em contar com o meia-atacante revelado no clube

Lance
Lance

Lance

Lance

A torcida do Corinthians vive a expectativa pela vinda de mais alguns reforços para a temporada, entre eles está Willian, atualmente no Arsenal. O negócio não é fácil, mas há quem esteja trabalhando emocionalmente para que isso se concretize: o pai do jogador, Severino Vieira da Silva, que foi entrevistado pelo "Arena SBT" na última segunda-feira e disse que o Timão pode pagar seu filho.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Veja como ficaria o valor de mercado do Timão com os possíveis reforços

Em entrevista ao programa apresentado por Benjamin Back, Severino falou da situação de Willian na Inglaterra e da vontade de trocar de clube. Embora admita que o filho tem ofertas para seguir na Europa, ele não descarta a volta ao Corinthians que, teria espaço na folha para pagar os salários do meia. Na imprensa inglesa, especula-se que ele receba cerca de R$ 3 milhões por mês.

- O fato de ele estar feliz, ele realmente não está, porque ele não iria querer sair. Ele tem algumas propostas da Europa, e não é segredo para ninguém que a gente pretende encerrar a carreira no Corinthians, isso não tem preço, sinceramente. Mas hoje tudo cabe ao Corinthians e ao Arsenal, eles fazerem uma proposta, levar lá e o Arsenal liberar - afirmou antes de completar:

- Primeiro lugar o dinheiro não paga, jogar no Corinthians não tem preço. Hoje daria para pagar sim (os salários do jogador), com certeza absoluta. O salário do Willian dá para pagar, até porque o Corinthians está fazendo uma limpeza no elenco, diminuindo a folha, dois ou três jogadores daqueles é o salário para o Willian vir, até porque o Willian não vai ter custo.

A possibilidade de Willian ser contratado pelo Timão seria em caso de ele ficar livre no mercado, por conta de uma rescisão contratual, ou de o Arsenal emprestá-lo, ou seja, não haveria o custo da transferência, apenas pagamento dos salários, uma vez que o clube inglês não conta com o meia para esta temporada e poderia facilitar a saída do jogador diante de uma oferta. Severino torce para que o filho volte ao Alvinegro e sugeriu uma redução de valores.

- O Arsenal tem dinheiro para pagar o salário do Willian lá, até ele arrumar um clube. Tanto é que pagou o Ozil até o final e não rescindiram, então se alguém quiser ter o futebol do Willian, nada mais justo do que pagar o salário. O Willian, de repente, se combinar, dá uma reduzida no salário, mas precisamos entender que estamos 8 contra 1, 8 libras para R$ 1 - disse antes de completar:

- Precisa trazer uma proposta, o Corinthians cobrir todas essas propostas (do futebol europeu), até porque ele (Willian) tem a possibilidade de sair emprestado, então ele sai emprestado e vem para o Corinthians. Seria uma maravilha, principalmente para o pai dele.

A vontade pode até falar alto, mas Severino sabe que o filho é profissional e que vai pesar diversos fatores antes de tomar a decisão. Mas ele garante que se dependesse dele, a torcida está no mesmo nível da Fiel nesses dias.

- Jogar no Corinthians não tem preço, mas ele é profissional, tem família, se fosse pelo gosto do pai dele, que daqui eu não vou levar nada, vem para o Coringão, põe a 10 e vamos aí - concluiu.

Segundo apurou o LANCE!, o Corinthians tem interesse em repatriar Willian e consultou a situação do jogador, mas sabe que a negociação é bem difícil, já que há a preferência por permanecer na Europa. No entanto, o prazo está apertado, pois as principais janelas (incluindo a brasileira) fecham no fim deste mês. A falta de propostas dos grandes centros e tempo podem ajudar o Timão.

Últimas