Futebol Pablo Sarabia, do PSG, diz que foco é combater a crise e não o futebol

Pablo Sarabia, do PSG, diz que foco é combater a crise e não o futebol

Espanhol vivia um bom momento em sua primeira temporada na França antes da paralisação das atividades. Atacante não quis comentar sobre redução salarial

Lance
Lance

Lance

Lance

Pablo Sarabia, atacante do Paris Saint-Germain, vivia um bom momento no clube até a paralisação da temporada por conta do coronavírus. Apesar de ser um jogador que começa a maioria das partidas no banco de reservas, geralmente causa impacto ao entrar em campo e até o momento soma 14 gols e oito assistências em 36 partidas ao todo.

Apesar disso, o espanhol disse em entrevista à “AFP” que não pensa no momento esportivo, mas sim na saúde.

- Do ponto de vista do futebol, estou muito feliz com o jeito que está indo o meu primeiro ano. Mas a verdade é que não estou pensando nisso. É uma situação muito complicada e não devemos pensar em futebol, mas sim em melhorar essa situação. Nossa verdadeira vitória na temporada seria combater e superar a pandemia.

Em sua primeira temporada no PSG, o jogador de 27 anos já enfrenta essa crise de saúde que impacta questões financeiras do clube. Questionado sobre uma possível redução de salários neste período, o atleta preferiu se esquivar.

- Os capitães estão atualmente discutindo isso (redução salarial) com a diretoria. Tudo o que pudermos fazer para ajudar o PSG e Paris, em geral, tentaremos fazer.

Sarabia também fez questão de agradecer aos médicos que estão na linha de frente no combate ao COVID-19. Para manter a forma durante a crise e a ausência de jogos e treinos regulares, o espanhol pratica atividades de casa através de um programa passado do clube aos atletas.

Últimas