Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Pablo Maia revela conversas com Dorival antes de cobranças de pênalti do São Paulo e destaca: 'Precisamos reconhecer nossas falhas'

A Cria de Cotia bateu o último pênalti das cobranças e ajudou a classificar a equipe para as quartas da Copa do Brasil

Futebol|

Lance
Lance Lance

Pablo Maia falou sobre o pênalti que ajudou a classificar o São Paulo para as quartas de final da Copa do Brasil. A equipe sofreu a primeira derrota sobre o comando de Dorival Júnior, após levar a virada do Sport e terminar o jogo por 3 a 1. A Cria de Cotia ficou responsável por converter o último pênalti das cobranças.

Após a partida, o atleta revelou como estava seu psicológico para a cobrança. Segundo suas palavras, estava ansioso, mas foi concentrado. Mas para o volante, é preciso focar nos próximos desafios da equipe também.

+ ATUAÇÕES: Rafael é herói, e Pablo Maia salva o São Paulo de vexame e classifica a equipe na Copa do Brasil

- Eu fiquei ansioso, confesso. Estava um pouco distante da marca do pênalti, mas eu fui bem concentrado. Fui feliz de fazer o pênalti e conseguir a classificação. Agora é levantar a cabeça, sofremos uma derrota, convertemos nos pênaltis, agora é pensar nas quartas de finais - disse.

Publicidade

Pablo Maia também revelou como foram as conversas com Dorival Júnior antes das cobranças, após a derrota no tempo regular. O atleta revelou que Dorival 'deu bastante incentivo' e disse que 'todos estavam se apoiando'.

+ Todos os jogos do Brasileirão você encontra no Prime Video. Assine já e acompanhe o seu time do coração!

Publicidade

+ Clique aqui e veja como apostar no Brasileirão

+ Confira os jogos e classificação resultados da Copa do Brasil-23 na tabela do LANCE!

Publicidade

- Ele incentivou bastante a gente, deu apoio, foi fundamental, todo mundo se apoiando e graças a Deus saímos com a classificação - revelou.

Inclusive, para o volante, a equipe conseguiu manter uma 'mentalidade muito forte', destacando também o apoio dos 49 mil são-paulinos presentes no Morumbi.

- A gente conseguiu manter uma mentalidade muito forte, um apoiando o outro, um ajudando o outro, com o apoio da nossa torcida. Acho que a gente ainda tem muito a melhorar em alguns aspectos, mas é seguir trabalhando e pensar no próximo jogo - completou.

Pablo Maia destacou os pontos fortes do Sport - principalmente com a bola parada -, e citou as falhas defensivas do São Paulo nos dois gols de Sabino. Para ele, é preciso reconhecer as falhas que a equipe comete e corrigi-las.

- A gente vem trabalhando todos os aspectos, tanto a parte defensiva quanto ofensiva, mas com o apoio da nossa torcida a gente foi feliz. O Sport é muito forte na bola parada, duas falhas que tivemos, mas precisamos reconhecer nossas falhas - concluiu.

Agora, o São Paulo encara o Grêmio, em Porto Alegre (RS), pelo Campeonato Brasileiro, no próximo domingo (4). Na próxima semana, tenta buscar a classificação na Copa Sul-Americana e se prepara para um clássico com o Palmeiras, também pelo Brasileiro.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.