Futebol Outro Riquelme? Xará de carrasco dá show, e Always Ready bate o Corinthians na estreia da Liberta

Outro Riquelme? Xará de carrasco dá show, e Always Ready bate o Corinthians na estreia da Liberta

Atacante argentino marca um gol, dá uma assistência, e clube boliviano bate o Timão por 2 a 0 em La Paz

Lance
Lance

Lance

Lance

Assim como foi em 2013, o Corinthians teve um novo carrasco argentino chamado Riquelme. Nesta terça-feira (5), o Timão foi derrotado por 2 a 0 pelo Always Ready, da Bolívia, fora de casa, na estreia da fase de grupos da Copa Libertadores da América.

E foi o atacante da equipe boliviana, Marcos Riquelme, o responsável pelos dois gols. De pênalti, aos sete minutos do primeiro tempo, o jogador abriu o placar para a Banda Roja. Já na saída de bola do segundo tempo o camisa 9 deu um passe açucarado para Rodrigo Ramallo tocar na saída do goleiro Cássio e dar números finais à partida.

> GALERIA - Veja todos os técnicos estrangeiros da história corintiana
> TABELA - Confira e simule as partidas do Timão na Libertadores
> GUIA - Tudo o que você precisa saber sobre o Corinthians na Libertadores

MÉDIA DE IDADE ALTA NO TIMÃO

Mesmo com o técnico Vítor Pereira tendo feito muitos testes na semana em que esteve livre se preparando para a estreia da Libertadores, o Timão não abaixou a sua média de idade, como era previsto.

Por sua vez, o técnico Vítor Pereira promoveu o retorno de dois 'tintões' ao time titular: o lateral-esquerdo Fábio Santos (36) e Jô (35).

A média de idade ficou justamente nos 30 anos de idade, com sete jogadores com três décadas de vida ou mais: Cássio (34), Gil (34), Fábio Santos (36), Paulinho (33), Renato Augusto (34), Willian (33) e Jô (35).

FALHA DE JOÃO PEDRO, E GOL DO ALWAYS

O Corinthians começou o jogo melhor nos primeiros cinco minutos, trocando passes e tentando envolver o adversário boliviano que, por sua vez, estava bastante espaçada e apostando nas decidas em velocidade dos seus pontas.

E foi na primeira boa investida, com Jorge Flores, pelo lado esquerdo, que o lateral passou com facilidade por João Pedro, que, ao invés de fazer a cobertura, empurrou o adversário dentro da área e cometeu pênalti.

A cobrança foi muito bem feita pelo argentino Marcos Riquelme, que bateu no canto esquerdo alto de Cássio, que até foi na bola, mas não achou.

Foi o primeiro gol de Riquelme pelo Always Ready, em cinco jogos. O jogador foi contratado nesta temporada, vindo do Sporting Cristal, do Peru.

RENATO AUGUSTO COM PERIGO

A melhor chance do Corinthians no primeiro tempo foi com uma receita conhecida pelo torcedor corintiano. Aos 35 minutos Renato Augusto recebeu bola na entrada da área e teve espaço para ajeitar e finalizar de fora da área tirando tinta do gol adversário.

FALTOU O ÚLTIMO PASSE

O Corinthians foi amplamente superior no quesito ofensivo no primeiro tempo, mas terminou a etapa inicial atrás no marcador, porque quando foi à frente teve dificuldades de criar grandes chances de gol.

A equipe foi aguda, teve muito mais a bola (70% a 30% de posse em relação ao adversário), mas a melhor chance dos primeiros 45 minutos foi com Renato Augusto finalizando de fora da área.

O Timão finalizou 10 vezes no primeiro tempo, mas apenas duas bolas foram ao gol. A maioria dos chutes paravam na marcação do Always Ready, principalmente no zagueiro Nelson Cabrera que foi muito bem interceptando os chutes corintianos.

JOGADA INDIVIDUAL DE FÁBIO SANTOS

Escolha do técnico Vítor Pereira no lugar de Lucas Piton, Fábio Santos criou a segunda grande chance do Timão no jogo, aos 43 minutos do primeiro tempo, passando com uma caneta pelo marcador, chegando até a linha de fundo, mas parando na intervenção do goleiro Giménez.

ALWAYS READY VOLTA PARA O SEGUNDO TEMPO AMPLIANDO

No intervalo, o técnico corintiano Vítor Pereira promoveu a reestreia de Maycon, no lugar de João Pedro, que fez um péssimo primeiro. Du Queiroz foi para a lateral-direita. O treinador do Timão também promoveu a entrada de Róger Guedes no lugar de Adson.

Porém, antes mesmo de qualquer esboço tático na etapa final, o Always Ready chegou ao segundo gol, logo na saída de bola, em mais uma construção ofensiva pela esquerda. Dessa vez Riquelme, autor do primeiro gol dominou com liberdade pela zona canhota do gramado e achou o meia Rodrigo Ramallo disparando com total liberdade e tocando na saída de Cássio.

Foi um completo vacilo defensivo do Timão, onde ninguém acompanhou o camisa 8 dos Albirojos. Du Queiroz e Gil foram os dois que mais 'marcaram touca' no lance.

VÍTOR PEREIRA MUDA PEÇAS, MAS CORINTHIANS NÃO MUDA O JOGO

Aos 20 minutos do segundo tempo, o técnico Vítor Pereira voltou a fazer mudanças no Timão, colocando Giuliano e Mosquito no lugar de Paulinho e Jô, na tentativa de dar mais velocidade e poder de criação ao time, mas nada ocorreu.

E diferentemente do que aconteceu no primeiro tempo, com o Corinthians, mesmo faltando no último passe, o clube alvinegro no segundo tempo nem isso conseguiu, teve a bola quase que o tempo todo, mas faltou imposição, vendo a equipe boliviana gerar mais perigo nas poucas vezes em que teve a bola.

FICHA TÉCNICA
ALWAYS READY-BOL 2 X 0 CORINTHIANS

Local: Hernando Siles, La Paz, Bolívia
Data e hora: 05 de abril, às 21h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Piero Maza (Chile)
Assistentes: Alejandro Molina (Chile) e Miguel Rocha (Chile)
Cartões amarelos: Enoumba (Always Ready); João Pedro (Corinthians)
Cartões vermelhos:

Gols: 1-0 Marcos Riquelme (8'/1T); 2-0 Rodrigo Ramallo (0'/2T)

ALWAYS READY-BOL: Giménez; Enoumba, Rambal, Cabrera e Flores; Ramallo (Elkin Blanco, 36'/2T) e Chumacero; Adrián (Mamani, 47'/2T), Gustavo Cristaldo (Borja, 43'/2T) e Juan Arce )(Cortés, 43'/2T); Marcos Riquelme (Gustavo Torres, 36'/2T). Técnico: Eduardo Villegas.

CORINTHIANS: Cássio; João Pedro (Maycon, intervalo), João Victor, Gil e Fábio Santos; Du Queiroz; Adson (Róger Guedes, intervalo), Paulinho (Gustavo Mosquito, 20'/2T), Renato Augusto e Willian (Lucas Piton 31'/2T); Jô (Giuliano, 20'/2T). Técnico: Vítor Pereira.

Últimas