Futebol Otimismo aumenta, negócio avança e Renato Gaúcho fica mais próximo do Corinthians

Otimismo aumenta, negócio avança e Renato Gaúcho fica mais próximo do Corinthians

Apesar de o martelo ainda não ter sido batido, as partes estão otimistas para um desfecho  positivo para que o treinador seja do Timão. Definição deve acontecer nesta sexta-feira

Lance
Lance

Lance

Lance

Torcedores, calma! Renato Gaúcho ainda não é o técnico do Corinthians, mas as negociações tiveram um avanço durante o dia e o treinador ficou mais próximo de ser contratado pelo clube. O otimismo aumentou ao longo desta quinta-feira, porém uma definição só deve acontecer nesta sexta.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

GALERIA
> Estudo mostra os clubes com maior valor de mercado do mundo; veja lista

Nos bastidores, há quem diga que o técnico está praticamente fechado e detalhes separam o anúncio oficial. Por outro lado há aqueles que adotam a cautela, apesar de admitirem que o negócio ficou mais próximo depois de alguns dias de negociação. O que se sabe mesmo é que Renato deu sinal positivo para o "projeto Corinthians" e os termos passaram a ser discutidos.​

Segundo apurou o LANCE!, para aceitar a proposta, Renato topou reduzir seus vencimentos mensais. A oferta do Timão foi na casa dos R$ 650 mil mensais, pouco mais da metade do que recebia no Grêmio até o mês de abril, quando deixou o clube gaúcho. Além disso, o treinador deverá ter um número de passagens aéreas para o Rio de Janeiro e um auxílio moradia em São Paulo.

Embora o clima de otimismo tenha aumentado nesta quinta-feira, uma definição deverá acontecer somente nesta sexta-feira, quando o martelo será batido ou não. A expectativa corintiana é de um final feliz para a negociação. Até aqui, o único treinador que o clube trata é Renato e um plano B só será discutido quando não houver mais possibilidade de trazer o gaúcho.

Pela confiança em um desfecho positivo, a diretoria alvinegra não tem apressado Renato para uma resposta, mas ambas as partes indicam que esta sexta-feira será mesmo o "dia D". Dessa forma, ele teria pouco mais de uma semana para trabalhar com o grupo antes da estreia pelo Campeonato Brasileiro, no dia 30, contra o Atlético-GO, na Neo Química Arena.

Últimas