Futebol Orlando Ribeiro reconhece que Santos 'errou mais' que o Corinthians no clássico

Orlando Ribeiro reconhece que Santos 'errou mais' que o Corinthians no clássico

De acordo com o interino, expulsão de Lucas Barbosa no segundo tempo, quando o rival já estava com 10 jogadores, não foi determinante para mais um tropeço na Vila Belmiro

Lance
Lance

Lance

Lance

O técnico Orlando Ribeiro lamentou a derrota para o Corinthians, no clássico deste sábado, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro. O treinador viu a equipe do Parque São Jorge com menos erros, o que fez a vitória acontecer para o adversário.

- Análise que a gente faz é mais uma vez, os clássicos não mudam, são detalhes. Os detalhes foram contrários. Erramos mais que o Corinthians e por isso perdemos - disse Orlando Ribeiro.

Quase no final da primeira etapa, o atacante Yuri Alberto acabou sendo expulso. Assim, o técnico Vitor Pereira voltou com quatro mudanças na equipe, enquanto o Peixe voltou com Lucas Barbosa no lugar de Rodrigo Fernández.

- O Corinthians não entrou com a equipe que vinha jogando. Tiveram algumas substituições na final que não tiveram. O Vitor precisava fazer alguma coisa... no intervalo ele achou que precisava povoar um pouco e eu achei que precisávamos de um atacante a mais, porque estávamos com dois volantes. A ideia era ter um atacante junto com o Marcos. Estávamos no 4-2-4 e para chegar com qualidade.

O grande problema é que Lucas Barbosa também recebeu dois amarelos e acabou sendo expulso no segundo tempo, logo aos 13 minutos. Para Orlando, porém, a equipe não "sentiu" tanto.

- A expulsão desestabilizou por três ou quatro minutos. A equipe do Corinthians se sente mais segura, porque acabou igualando o número de atletas e deu uma desestabilizada. Mas não passou de cinco minutos e depois controlamos os nervos. Tentamos encurralar o Corinthians e, como ficou 10 para 10, igualou o jogo - afirma.

Últimas