Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

OPINIÃO: Ida para a Arábia Saudita decepciona quem um dia achou que Neymar seria o melhor do mundo

Brasileiro deve ser anunciado pelo Al-Hilal nos próximos dias

Futebol|

Lance
Lance Lance

Após dez temporadas na Europa, Neymar está de malas prontas para a Arábia Saudita. O craque brasileiro aceitou a proposta do Al-Hilal, deixou o Paris Saint-Germain e vai receber cerca de R$1,7 bilhão em dois anos de contrato.

A ida de Neymar para a Arábia Saudita não chega a ser uma surpresa, visto que grandes jogadores como Cristiano Ronaldo, Karim Benzema, N’Golo Kanté, Roberto Firmino e Sadio Mané também aceitaram viver esse novo “desafio”. Mas a decisão do craque surpreende aqueles que aindam esperavam um último grande lampejo do camisa 10, e me incluo nisso.

+ Ligação? Neymar curte post sobre possível relação entre sua saída do PSG e a reintegração de Mbappé no clube francês

As três temporadas de Neymar no Barcelona deram um gosto de que o brasileiro poderia ser o próximo nome a assumir o trono de melhor jogador do mundo, principalmente quando Messi deixasse o clube. A ida para o PSG, ainda que contestável, poderia ser encarada como um passo à frente, principalmente porque Neymar era o grande nome do projeto do clube francês. Entretanto, o tempo passou, e a ida ao PSG se mostrou um erro de tomada de decisão.

Publicidade

Ao aceitar a proposta do Al-Hilal, Neymar, do alto de seus 31 anos, decepciona seus fãs e todos aqueles que acreditaram que um dia o camisa 10 pudesse ser o melhor jogador do mundo.

+ Com quem Neymar vai jogar no Al-Hilal? Veja os novos companheiros do astro brasileiro na Arábia Saudita

Publicidade

Receber R$1,7 bilhão apenas em salários durante duas temporadasé uma proposta irrecusável, de fato. Mas talvez esse não fosse o momento para Neymar abandonar a competitividade do futebol europeu e ficar de fora dos grandes jogos da Champions League.

Com 31 anos, Neymar ainda teria muita lenha para queimar no futebol europeu. Não necessariamente com a camisa do PSG, mas talvez um retorno ao Barcelona pudesse servir como uma recarga de energias para o craque.

No final das contas, Neymar escolheu a comodidade (e um rio de dinheiro) ao aceitar a proposta do Al-Hilal e enterrou toda expectativa criada sobre aquele jovem gênio que deixou o Santos em 2013.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.