Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Opção de compra? Obrigação? E o joelho? O que sabemos sobre Lucas Veríssimo no Corinthians

Benfica chegou a recuar em pedido de taxa pelo empréstimo, mas o Timão aceitou pagar o valor para não ter que fixar obrigação...

Futebol|

Lance
Lance Lance

O Corinthians deu um grande passo para a contratação por empréstimo do zagueiro Lucas Veríssimo, que pertence ao Benfica, de Portugal. A situação tem sido alinhada pelo estafe do jogador, liderado pelo empresário Paulo Pitombeira, que possui boa entrada com os principais membros da diretoria corintiana.

A situação está bastante avançada, restando somente a assinatura do contrato. As conversas entre as partes, inclusive, acontecem há, pelo menos, três meses, mas tinham o clube português como entrave, situação que foi contornada nos últimos dias.

+ Renove o seu estoque de camisas do Timão com o cupom LANCEFUT 10% OFF

De toda forma, a negociação, que ainda está em curso, possui uma série de detalhes, que o Lance! explica aqui.

Continua após a publicidade

OPÇÃO OU OBRIGAÇÃO DE COMPRA?

O Corinthians aceitou pagar uma taxa para receber o jogador emprestado por um ano. O valor será de 1 milhão de euros (R$). A situação foi alinhada neste domingo (24) em contato entre as partes e, também, com o estafe do jogador, liderado pelo empresário Paulo Pitombeira, que foi decisivo para que a situação se alinhasse de forma favorável ao Timão.

Continua após a publicidade

O Benfica chegou a recuar na pedida pela taxa, mas, para isso, o Corinthians teria que aceitar uma cláusula de obrigatoriedade de compra por metas atingidas. No entanto, o interesse do jogador é retomar uma sequência de jogos no Brasil e, em um futuro próximo, retornar à Europa. Esse desejo, então, foi fundamental para definir a forma na qual o negócio foi amarrado. Assim, não haverá valor algum fixado no empréstimo do zagueiro ao clube alvinegro. Nem de opção, tampouco de obrigatoriedade para compra.

Lucas Veríssimo entende que foi prejudicado pela lesão que sofreu no fim de 2021. Os portugueses, no entanto, não enxergam mais o defensor como um ativo a ser utilizado, principalmente após a recente renovação com o argentino Nicolás Otamendi. A ideia do clube europeu era fazer dinheiro com o jogador. A direção benfiquista chegou a oferecer o atleta no mercado do Velho Continente, mas, com o intuito de receber 10 milhões de euros (R$), não encontrou interessados.

Continua após a publicidade

Nas últimas semanas, os portugueses chegaram a conversar com o Flamengo, mas as partes não chegaram a um acordo justamente por conta dos detalhes contratuais, já que o Benfica quer ter garantias de que possa receber algo financeiramente, seja agora ou em um futuro breve.

+ Cupom LANCEFUT com 10% OFF para os fanáticos por esporte em compras acima de R$299,90

Alinhado com os representantes de Veríssimo, o Timão, então, se acertou com o clube português na última semana e aceitou pagar a taxa que foi contrária durante quase todo o período de negociações.

O Corinthians também vai arcar com os salários do jogador de forma integral. Os vencimentos giram em torno de R$ 800 mil mensais. A quantia é a mesma que recebia o paraguaio Fabián Balbuena, que deixou o clube alvinegro no fim de junho, sendo devolvido ao Dínamo de Moscou, da Rússia. Assim como Lucas Veríssimo, o ex-defensor corintiano também estava emprestado.

E O JOELHO?

O departamento de futebol corintiano se preocupa com a condição física de Lucas Veríssimo por conta da falta de sequência até mais do que a lesão no joelho sofrida pelo atleta no fim de 2021. Na última temporada, o defensor esteve em campo por menos de 200 minutos. A preocupação é justamente porque houve uma lesão e pouco tempo hábil para que ele fosse experimentado no seu retorno.

Porém, o investimento é visto como de baixo risco, já que se trata de um empréstimo curto com pagamento de um valor relativamente baixo considerado o valor de mercado do atleta.

O intuito corintiano é sentar novamente com o Benfica no fim do ano, caso Veríssimo se destaque durante o restante desta temporada, já para alinhar possíveis valores para a compra. Porém, isso esbarraria na vontade do jogador que é voltar para a Europa.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.