Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Onde Samuel Xavier jogou? Conheça a trajetória do lateral-direito que está se tornando ídolo do Fluminense

Veterano já havia trabalhado com Fernando Diniz no passado

Futebol|Do R7


Lance
LANCE

Destaque do Fluminense nas oitavas de final da Libertadores com dois gols contra o Argentinos Juniors, Samuel Xavier vive seu auge aos 33 anos. Um dos melhores laterais-direitos do Brasil, o veterano também sonha em conquistar uma vaga na Seleção Brasileira nas Eliminatórias da Copa do Mundo 2026.

O Lance! relembra como foi a carreira do jogador, que começou atuando com o Paulista de Jundiaí, mas atualmente vive os louros de ser titular em um dos principais times do país e sendo protagonista na maior competição de clubes da América do Sul.

INÍCIO DE CARREIRA

Samuel Xavier iniciou sua trajetória como um segundo volante no Paulista de Jundiaí. Em sua passagem pela modesta equipe do interior de São Paulo, o atleta teve a oportunidade de cruzar com o técnico Fernando Diniz, que foi o responsável por sua transição completa para a lateral-direita.

Publicidade

Após começar a se destacar, o jogador foi negociado com o São Caetano para disputar o Campeonato Brasileiro da Série B 2012. O Azulão foi escolhido pelo atleta, embora outras propostas tenham surgido. Em pouco tempo, o lateral-direito se firmou no clube e permaneceu até o fim de 2013.

GRANDE FASE NO NORDESTE

Publicidade

Em 2014, Samuel Xavier foi contratado pelo Ceará, onde conquistou o Campeonato Cearense em poucos meses de casa. Peça importante na Série B, o atleta foi contratado em 2015 pelo Sport para a disputa da Série A, onde permaneceu até o fim de 2017 sendo um dos destaques na conquista do Campeonato Pernambucano 2017.

Em 2018, o lateral-direito chegou ao Atlético-MG, mas com poucas oportunidades retornou ao Ceará para disputar o Brasileirão. Titular absoluto no Vozão, Samuel Xavier também conquistou a Copa do Nordeste 2020 e chamou a atenção do Fluminense, que buscou o veterano no início de 2021.

Publicidade

MELHOR FASE

Em sua chegada ao Tricolor, Samuel Xavier chegou para brigar por uma vaga na lateral-direita com Calegari. O início da trajetória do jogador no Time de Guerreiros não foi fácil devido a Covid-19 que teve que enfrentar pouco depois de assinar seu contrato, o que atrasou sua preparação para a temporada.

Desde a chegada do técnico Fernando Diniz, o atleta de 33 anos elevou seu desempenho por conta da confiança que o treinador tinha nele desde o período em que se cruzaram no Paulista. E em 2023, o ala vive sua fase mais artilheira na carreira e sendo decisivo em jogos muito importantes.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.