Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Odair Hellmann valoriza competição do Santos e diz que Palmeiras 'não criou situações de perigo'

Peixe encerra sequência de vitórias do Palmeiras no confronto

Futebol|Do R7

Lance
Lance Lance

O Santos ficou no empate contra o Palmeiras sem gols, na Vila Belmiro, pela 7ª rodada do Brasileirão. Após conseguir quebrar a sequência de vitórias do Verdão no confronto, Odair Hellmann valorizou a competição do Peixe e avaliou que o adversário não criou situações de perigo.

- A estratégia (do Santos) deu certo, faltou só a parte final. Um pouquinho mais de calma e contundência para transformar aquela estratégia numa saída na frente do placar. No segundo tempo a gente teve dificuldade. Mas o time não deixou de competir. O Palmeiras ficou com a bola, mas também não criou uma situação de perigo. A gente não comemora o empate, mas comemora a competição. Hoje a equipe do Palmeiras encontrou muita dificuldade - declarou o comandante.

+ ATUAÇÕES: Destaques defensivos garantem empate do Santos contra Palmeiras

Com uma postura tão diferente desde o término do Paulistão, o Santos apresenta uma melhora expressiva na defesa. São 10 jogos sem sofrer gol nos últimos 14 disputados. Sobre o tema, Odair aponta as diferenças no elenco para explicar melhora.

Publicidade

- O diagnóstico que nós fizemos foi que nós tínhamos que dar passos distintos e diferentes do que fizemos no Campeonato Paulista. Corremos 90 km no Paulista, fizemos 103, 105, 107 agora. 20 km a mais. A equipe quase dobrou as velocidades em alta, alguns jogadores dobram seus índices. Diagnosticamos, reconhecemos o que tínhamos a melhorar, sentamos, planejamos e executamos - relatou o comandante santista.

VEJA OUTRAS RESPOSTAS DE ODAIR HELLMANN:

Publicidade

Evolução do Ângelo

Temos conversado e trabalhado. Ele já finalizou mais. Hoje teve oportunidade e fez um gesto para mim, pareceu ter desequilibrado... Mas tem olhado e tentado mais o gol. É evolução, é preciso trabalhar e repetir. É com cuidado também, já que são jogos de três em três dias. Não dá pra chutar 60 vezes sempre, mas trabalhamos muito acabamentos de jogadas, dribles, definições de cruzamentos e perna direita. Tem evoluído e agora é dar continuidade. É conversar, mostrar vídeo, movimento. É uma busca nossa e dele.

Publicidade

Possibilidade do Santos brigar na parte de cima da tabela

Hoje teve competitividade com e sem bola. Estratégia, organização, competição, mas com chegada, definição. No segundo tempo, mais competição e organização que parte técnica. O Santos está mais forte, isso é certo, e visualizamos sempre o próximo jogo, nossa Copa do Mundo é o próximo jogo. Vamos visualizar quem está 100% para a Copa do próximo jogo. Temos pontos conquistados, queremos avançar e buscar regularidade.

Potencial de Deivid Washington

Ele foi bem no jogo. Ele finalizou, fez jogadas individuais. É Comprometido, tem personalidade, vai evoluir e ter uma carreira gigante. O céu é o limite. Dá passos importantes, com personalidade, com ajuda do grupo e do clube. A tendência é o crescimento, mesmo que seja normal oscilar. Tem cabeça boa. Sabe que o talento trouxe ele aqui, mas principalmente esforço e personalidade. Vamos ajudá-lo e protegê-lo também quando necessário. Foi bem na partida.

Jogo contra Audax Italiano

A partir de amanhã vamos estudar o adversário e também essa situação. Fazer individualmente o que a gente faz. Conversar com o departamento médico e fazer essa avaliação e talvez oportunizar alguns jogadores. Talvez até uma mudança de sistema. Na quarta-feira tem uma viagem, então é mais cansativo ainda. A ideia é pensar bastante a respeito desse próximo jogo.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.