Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Odair 'enche a bola' de Deivid e Ângelo e diz se trabalho no Santos é o mais difícil de sua carreira

Meninos da Vila marcaram gols no jogo contra o Bahia; vitória do Peixe foi elogiada pelo treinador

Futebol|Do R7

Deivid Washington e Ângelo marcaram os gols do Santos na vitória do time por 3 a 0 sobre o Bahia, na noite desta quarta-feira (10, na Vila Belmiro. O técnico Odair Hellmann elogiou muito a atuação da dupla no jogo válido pelo Brasileirão, mas pediu calma, especialmente com o centroavante de 17 anos.

- Todos estamos muito felizes com a resposta. Por exemplo, o Ângelo, é o segundo gol seguido. Hoje ele não só fez o gol, como participou da fase ofensiva, chutou de fora da área. Isso é fruto de trabalho, treinando, dando confiança. Buscando aquilo que talvez tenha feito pouco no processo de transição da base para o profissional. É fruto de trabalho e dedicação do Ângelo.

> ATUAÇÕES: Meninos da Vila desequilibram em vitória do Santos pelo Brasileirão

- Vamos com calma, ele (Deivid) apresenta característica diferente. Não são todos os meninos de 17 anos que apresentam essa qualidade, frieza. Temos que ter a sabedoria que ele é muito bom jogador, mas ele deu o primeiro passo. Aí todo mundo fica bajulando, tu entra para dentro da bolha. É um jovem, bom jogador, Menino da Vila, mas está no princípio da carreira - completou Odair Hellmann, sobre os Meninos da Vila.

Publicidade

VEJA MAIS RESPOSTAS DE ODAIR NA COLETIVA

Trabalho no Santos é o mais difícil da carreira?

Publicidade

- Tem acontecido muitas coisas. Características do local, do clube. É um ano político, é a segunda vez que falo sobre isso. Interfere no processo, no ambiente, na paciência. Essas surpresas que estão acontecendo, não são lesões normais do futebol. Os anos anteriores trazem uma pressão para cá. A gente dando resposta aqui, vamos ter uma resposta do externo. Nós juntos somos muito mais fortes, tem sido um trabalho complexo. Tenho um orgulho e uma honra danada de estar aqui. A gente tem que ter equilíbrio, não vim aqui achar que somos os melhores do mundo. E não achar que, no momento da derrota, somos os piores. As derrotas que vinham acontecendo não eram merecidas, mas merecimento é colocar a bola para dentro.

Vitória sobre o Bahia

Publicidade

- Se deve ao padrão nas últimas atuações, mas não tínhamos o resultado. Merecíamos resultados diferentes. Dificulta até você conversar com o torcedor e dizer: "Estamos melhores”. Hoje tivemos performance e resultado. Poderia ter sido até mais. Espero que tenhamos guardado para a próxima quarta-feira, que é contra o mesmo adversário. Por tudo que envolveu o jogo, o grupo deu uma resposta focada, com muita concentração. O que faltava antes, não faltou hoje, que são os três pontos.

Melhor atuação do Santos na temporada?

- Foi uma das melhores. A gente fez bom jogo contra o Newell's, Cruzeiro, Grêmio. Contra o Audax, o adversário não chutou uma bola no gol. Tivemos o domínio, mas não soubemos transformar a imposição técnica em gols. Quero fazer um elogio ao grupo de jogadores, pela melhora, pela aceitação, pela entrega. A gente tem mexido bastante na equipe, isso interfere. Está gerando mais confiança, mesmo coma as mudanças, um entrosamento melhor.

Camacho titular e críticas da torcida ao jogador

- Todos os jogadores são da minha confiança. Vem de uma situação anterior o Camacho. Vamos avaliar os jogos do Camacho, sem essa situação de não gostar do jogador. Isso faz parte. Mas vamos avaliar as partidas contra o Cruzeiro, Grêmio… Foram partidas ruins? Quando tem a situação do ‘eu não gosto de você’, você não enxerga as qualidades e as virtudes. Gostos são opiniões, individual.

Inocêncio na vaga de Nathan e possibilidade de poupar

- O Nathan, desde que o João (Lucas) se machucou, nos últimos jogos sentiu um pouco de ritmo. Temos tentado repetir os jogadores e temos visualizado desgaste nesses jogadores. Talvez precisemos analisar esses jogadores para a próxima partida. O jogador que não tenha a possibilidade de entregar 100%, vamos ter que ver alternativas.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.