Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

O fator Pablo Maia no São Paulo: chutes de longe 'mais colocados, com menos força' e gols

Aptidão para gols de longe coroam de vez mineiro de 21 anos como principal promessa da base tricolor

Futebol|

De todos os jogadores do São Paulo, nenhum vive um momento tão imuminado quanto Pablo Maia. Não é para menos. O volante de 21 anos iniciou o ano passado como um mero reserva da equipe sub-20. Entretanto, conquistou a titularidade, primeiro na Copa São Paulo de juniores, depois na equipe principal comandanda então por Rogério Ceni.

A partir daí, o céu virou o limite para o jovem mineiro. Como se não bastasse o futebol que o levou a despontar em todas as listas de atletas mais promissores do mundo na sua posição, à frente de nomes dos poderosos Real Madrid e Manchester City, Pablo Maia ganhou holofotes por mais uma característica: os chutes de longa distância.

+ Bauermann e jogos da Série A sob investigação: listamos escândalos envolvendo ações em campo

No último domingo (7), foi assim que o jovem marcou o último tento da vitória por 2 a 0 do Tricolor sobre o Internacional, no Morumbi. Um golaço. Assim como foram todos os outros três anteriores, contra São Bernardo e Palmeiras, no Paulista de 2022, contra a Inter de Limeira, no Estadual deste ano. Todos também de fora da área.

Publicidade

Não é por acaso. Dados do 'Footstats' mostram que Maia já é o segundo em finalizações de longe do São Paulo neste Brasileirão. Arriscou quatro vezes, contra cinco de Luciano. Caminho aberto para repetir o desempenho do ano passado, quando terminou a competição como o são-paulino com mais chutes de longe: 27 vezes.

Mas nada é a toa quando envolve trabalho, não é mesmo? O próprio camisa 29 destaca que as finalizações de longe são fartamente treinados. Com uma nova característica: mais jeito que força. Como ele mesmo explica.

Publicidade

- É uma jogada que eu procuro treinar bastante. Esse foi um pouco diferente dos outros gols, mais colocado, menos força. Foi um bonito gol e fico feliz em poder ajudar também desta forma. Que possa sair mais gols assim e o São Paulo vencer as partidas, que é o mais importante – ressaltou o jogador.

Revelação do Campeonato Paulista de 2022, Maia renovou seu contrato recentemente com o São Paulo – agora válido até o final de 2027. Pelo Tricolor, são 78 jogos e quatro gols. Parece cada vez intocável no time do agora treinador Dorival Júnior, que o elogiou publicamente no último domingo pela capacidade de atuar muito além do primeiro homem de marcação no meio-campo.

Publicidade

- A desenvoltura dele, a dinâmica dele, a forte marcação, a mobilidade, a movimentação… o Pablo está encontrando um caminho, uma recuperação… tem sido um jogador importante na função. Ele tem essa capacidade… a partir do momento em que ele desenvolver alguns comportamentos um pouquinho diferentes, ele vai ter um aproveitamento muito melhor. E talvez ele se surpreenda com a possibilidade de estar se aproximando ainda mais da área e às vezes até infiltrando mais na área, chegando para que possa vir a ser também um jogador que tenha essa infiltração. Não é só capacitá-lo nessa condição, de um primeiro homem de combate. Ele tem qualidades suficientes para poder desenvolver um pouco mais e, de repente, ser útil em duas ou três funções dentro da equipe.

Mas com tanto destaque, parece certo que o volante não termine seu contrato no Morumbi. Equipes inglesas já sondaram o jovem na janela do final do ano passado. Devem voltar à carga em junho. Em um clube com problemas financeiros, recursos vindos de uma transferência de Maia ajudariam a respirar. Por mais que o time em campo possa ficar um pouco mais sufocado sem o seu futebol.

+ Confira os jogos e classificação resultados da Brasileirão-23 na tabela do LANCE!

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.