Fluminense

Futebol O cofre agradece: veja quanto o Fluminense pode receber por vaga na Libertadores

O cofre agradece: veja quanto o Fluminense pode receber por vaga na Libertadores

No melhor e mais seguro dos cenários, Tricolor chegaria em terceiro lugar no Brasileirão e ficaria com a vaga direto na fase de grupos, ganhando mais de R$ 46 milhões

Lance
Lance

Lance

Lance

Uma vaga na Libertadores significa para o Fluminense um resultado esportivo muito aguardado nos últimos oito anos. Mas voltar a disputar a competição também pode dar alívio aos cofres ao longo de 2021. Somando a premiação do Campeonato Brasileiro e o que irá receber ao longo das fases do torneio continental, o Tricolor pode chegar a embolsar uma quantia de R$ 45,9 milhões apenas até a fase de grupos.

> Pode sonhar com mais? Relembre as campanhas do Fluminense na Libertadores

Explica-se. No pior dos casos, chegando em sétimo no Brasileirão e caindo ainda na Pré-Libertadores, o Flu somaria R$ 25,8 milhões caso fosse eliminado ainda na segunda fase e R$ 26,1 milhões se chegasse apenas na terceira. Já na melhor situação, o Tricolor atinge justamente esse valor de R$ 45,9 milhões, terminando a competição nacional em terceiro e indo diretamente para a fase de grupos.

É preciso ressaltar que o clube arrecadaria mais se precisasse passar pelas fases preliminares da competição, por exemplo caso ficasse em quinto no Brasileiro e o Palmeiras não fosse campeão da Copa do Brasil (portanto, mantendo apenas as quatro vagas diretas). Se mesmo assim chegasse à fase de grupos, o Flu receberia R$ 48,3 milhões. No entanto, isso também aumenta o desafio esportivo, já que há histórico de times brasileiros eliminados já no início. Veja todas as situações de premiação:

VEJA E SIMULE A TABELA DO BRASILEIRÃO

CENÁRIO APENAS DO BRASILEIRO

Atualmente, o Flu é o quinto colocado do Brasileirão. Caso permaneça nesta posição, receberá R$ 26,4 milhões. Se subir para quarto, o objetivo neste momento, essa conta já aumenta para R$ 28 milhões. Caso tudo dê certo e o Tricolor termine em terceiro lugar, o valor é de R$ 29,7 milhões. Vale destacar que essa quantia entrará na conta do clube em março, após o término da competição, e deve ser usada para quitar todas as dívidas com salários.

Caso o Tricolor acabe perdendo os dois jogos restantes e Palmeiras e Grêmio vençam os duelos que ainda tem, o máximo que pode acontecer é o Flu ficar em sétimo. Neste caso, a verba recebida seria de R$ 23,1 milhões. Em sexto ficaria em R$ 24,7 milhões.

E PELA LIBERTADORES?

Na disputa da Libertadores, os times recebem uma quantia a cada partida como mandantes. Caso o Fluminense não consiga uma vaga direta, irá para a disputa das fases dois e três do torneio. Os clubes brasileiros enfrentarão Ayacucho, do Peru, e Deportivo Lara, da Venezuela, e, posteriormente, Del Valle ou "Chile 4" e San Lorenzo ou "Chile 3". Disputando esta primeira partida, o Tricolor receberia o montante de 500 mil dólares (cerca de R$ 2,7 milhões na cotação atual). Se chegar ao segundo jogo, soma a esta quantia 550 mil dólares (quase R$ 3 milhões).

Chegando na fase de grupos, seja pela pré-Libertadores ou direto pelo Brasileirão, o Fluminense receberá 1 milhão de dólares a cada jogo como mandante. Ou seja, algo na casa dos R$ 16,2 milhões, avançando ou não. Veja abaixo a tabela com todos os valores de premiação ao longo da Libertadores e do Campeonato Brasileiro.

PROJEÇÕES

No orçamento para a temporada de 2020, o Flu projetou receber R$ 27,4 milhões em premiações em todas as competições. No Brasileirão, a expectativa era chegar ao 10º lugar, mas o bom rendimento irá salvar as finanças, já que o Tricolor acabou eliminado precocemente da Sul-Americana e da Copa do Brasil, que poderia resultar em um desastre aos cofres.

Já no documento aceito para 2021, as expectativas foram modestas, nem prevendo a vaga na Libertadores. A expectativa é de ficar em 10º no Brasileiro, ir até a sexta fase da Copa do Brasil, a terceira da Sul-Americana e chegar à fase final do Campeonato Carioca, totalizando R$ 38,8 milhões.

Veja as premiações da Libertadores 2021:

Fase 1: US$ 350 mil por jogo como mandante.
Fase 2: US$ 500 mil por jogo como mandante
Fase 3: US$ 550 mil por jogo como mandante.
Fase de grupos: US$ 1 milhão por jogo como mandante.
Oitavas de final: US$ 1,05 milhão.
Quartas de final: US$ 1,5 milhões.
Semifinais: US$ 2 milhões.
Vice-Campeão: US$ 6 milhões.
Campeão: US$ 15 milhões.

Veja as premiações do Brasileirão 2020 até o sétimo lugar:

Campeão: R$ 33 milhões
2º: R$ 31,3 milhões
3º: R$ 29,7 milhões
4º: R$ 28 milhões
5º: R$ 26,4 milhões
6º: R$ 24,7 milhões
7º: R$ 23,1 milhões

Últimas