Nova saída: Botafogo empresta Ezequiel ao futebol japonês

Apesar do desejo da diretoria alvinegra em aproveitar jogador, alto salário inviabilizou presença do atacante para 2020; Sanfrecce Hiroshima, da elite japonesa, será o destino

Lance

Lance

Lance

Depois de quatro contratações, o Botafogo tem uma baixa na janela. O Alvinegro emprestou Ezequiel, formado nas categorias de base, ao Sanfrecce Hiroshima, da primeira divisão do Japão, até dezembro de 2020, quando a temporada no país asiático acaba. A informação foi divulgada primeiramente pelo jornal "O Dia" e confirmada pelo LANCE!.

Será o segundo ano seguido de Ezequiel sendo emprestado. Em 2019, o atacante atuou no Sport no primeiro semestre e terminou o ano atuando pelo Cruzeiro. A Raposa, inclusive, tinha uma cláusula de compra fixada sobre o atleta de 21 anos, mas os problemas financeiros causados pelo rebaixamento no Campeonato Brasileiro inviabilizaram o negócio.

A diretoria do Botafogo até possuía o desejo de contar com Ezequiel para 2020, mas o salário do atacante foi aumentado durante a passagem no Cruzeiro. Por isto, o clube de General Severiano viu um novo empréstimo como uma forma de fazer o caixa respirar. Vale ressaltar que o Sanfrecce Hiroshima vai pagar o salário do jogador de forma integral.

O time japonês ainda terá a possibilidade de adquirir parte dos direitos de Ezequiel de forma definitiva - nos moldes de como aconteceu na negociação com o Cruzeiro. O atacante é um dos principais ativos do Botafogo e a atual situação financeira do time carioca faz com que nenhum jogador tenha status de inegociável.

No Sanfrecce, Ezequiel terá a companhia dos brasileiros Leandro Pereira, ex-Palmeiras, Douglas Vieira, com passagem pelo Náutico, e Rhayner, ex-Fluminense. A equipe terminou em quinto no último Campeonato Japonês.