Futebol No Resenha, Lodeiro revela que recusou a Europa para jogar no Botafogo: 'Foi uma experiência linda'

No Resenha, Lodeiro revela que recusou a Europa para jogar no Botafogo: 'Foi uma experiência linda'

Uruguaio é um dos convidados do programa da ESPN Brasil desta quinta-feira; meio-campista afirmou que jogar com Seedorf também pesou positivamente no Alvinegro

Lance
Lance

Lance

Lance

Nicolás Lodeiro e Álvaro Pereira, atletas que fizeram história com a camisa do Uruguai e atuaram no futebol brasileiro, são os convidados do programa "Resenha ESPN" desta semana.

+ Queda na receita e busca por recursos: a realidade financeira de Vasco e Botafogo às vésperas da final

Na atração, Lodeiro, que jogou no Botafogo e Corinthians, falou sobre a passagem pela equipe carioca e revelou o motivo da vinda ao Brasil. O programa, apresentado por André Plihal e com participação de Diego Lugano, será destaque do canal ESPN Brasil excepcionalmente nesta quinta-feira, às 21h55.

Considerado uma das revelações do futebol uruguaio desde o início de sua carreira, Lodeiro teve passagens por grandes clubes mundiais como Ajax e Boca Juniors, além de muitas convocações pela Seleção Uruguaia, da qual fez parte da campanha na Copa do Mundo da África do Sul. O meia do Seattle Sounders, da MLS, coleciona em seu currículo títulos como Copa América, bicampeonato holandês, campeonato argentino e uruguaio, campeonato carioca, além de duas conquistas da liga norte-americana.

No programa, Lodeiro relembrou os tempos em que jogou em General Severiano e revelou o real motivo de ter aceitado a proposta do clube e recusado a Europa na época.

- A verdade é que foi uma experiência linda. Eu aproveitei muito. Aproveitei o Botafogo. Eu tinha outras opções para jogar na Europa, mas decidi ir para o Botafogo. Primeiro, pelo entusiasmo quando me chamaram, e pela consideração que tiveram comigo - afirmou.

O uruguaio também falou sobre o segundo motivo de ter aceitado atuar pelo Botafogo e como se sente em relação ao que construiu no clube.

- Também tinha chegado o Seedorf e trabalhar com um jogador da classe do Clarence ajudou muito. Tínhamos o foco na Libertadores e conseguimos colocar o time depois de muito tempo. Fizemos um ótimo campeonato nesse ano - comentou Lodeiro

Últimas