Futebol No Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+, Flamengo pede respeito e 'direito de ser e amar quem quiser'

No Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+, Flamengo pede respeito e 'direito de ser e amar quem quiser'

No jogo do último domingo, o clube atuou com uniformes e braçadeira de capitão das cores do arco-íris; uniformes utilizados contra o Juventude serão leiloados em prol da causa

Lance
Lance

Lance

Lance

Comemorado anualmente em 28 de junho em todo o mundo, o Dia do Orgulho LGBTQIA+ foi lembrado pelo Flamengo em postagem nas redes sociais, nesta segunda-feira, um dia depois de o clube ter entrado em campo para o jogo contra o Juventude com os números do Manto nas cores do arco-íris, assim como a braçadeira do capitão da equipe. Pedidos por respeito e segurança foram feitos:

- Respeitar o gênero e a sexualidade das pessoas é muito simples. Cada um tem o direito de ser e amar quem quiser, sem que sua vida fique em risco por isso. No Dia do Orgulho LGBTQIA+, desejamos que o mundo seja um lugar seguro para todos se expressarem e manifestarem seus afetos sem medo! - postou o Fla.

Os uniformes utilizados pelos atletas rubro-negros no Alfredo Jaconi serão leiloadas através da plataforma Play For a Cause.

+ Veja a tabela do Brasileirão

Em uma ação conjunta dos departamentos de Futebol, Responsabilidade Social e Marketing do Flamengo, toda a renda será revertida para instituições que trabalham com acolhimento e garantia de direitos LGBTQIA+: Casa Nem, do Rio de Janeiro, e Manifesta LGBT, de Manaus.

Flamengo Thiago Maia

Flamengo Thiago Maia

Lance

Camisa do Fla personalizada será leiloada (Foto: Divulgação)

Últimas