Futebol No aniversário do ouro olímpico, Thiago Maia relembra conquista e sonha com Seleção: 'Espero voltar'

No aniversário do ouro olímpico, Thiago Maia relembra conquista e sonha com Seleção: 'Espero voltar'

Volante, atualmente em busca de mais espaço no Flamengo, comentou sobre o título inédito para o Brasil nos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio

Lance
Lance

Lance

Lance

Na busca por mais espaço na equipe titular do Flamengo, Thiago Maia tem motivo para festejar a data de hoje. Isso porque, o volante comemora, nesta quinta-feira, dia 20 de agosto, quatro anos de um dos títulos mais importantes de sua carreira: as Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro, após vitória sobre a Alemanha, nos pênaltis e no Maracanã.

Thiago era um dos integrantes do elenco convocado pelo técnico Rogério Micale, cujo ouro na modalidade ocorreu de forma inédita para o país. À época no Santos, o meio-campista foi um dos atletas mais jovens a disputar a competição pelo Brasil, com 19 anos.

- É sempre muito especial relembrar essa conquista, ainda mais por ter sido dentro do nosso país. Tivemos um grande apoio e uma energia fantástica da torcida. Isso foi fundamental para o nosso êxito. Foram jogos difíceis, mas a motivação por poder alcançar algo inédito nos levou até a medalha.

Para o futuro, o jogador de 23 anos planeja voltar a representar o seu país em busca de novos títulos.

- Realizei um sonho ao jogar pela Seleção Brasileira, algo que espero voltar
a fazer em breve. Todo jogador quer vestir essa camisa e disputar uma Copa do Mundo.

Durante a histórica campanha, Thiago Maia foi utilizado na partida de estreia, diante da África do Sul (empate em 0 a 0), na segunda rodada, contra o Iraque (também igualdade sem gols), e no triunfo das quartas de final, contra a seleção da Colômbia (vitória por 2 a 0).

Atualmente no Flamengo, emprestado pelo Lille-FRA (com opção de compra ao fim do vínculo), Thiago Maia soma nove jogos pelo clube rubro-negro. O camisa 33 ainda não foi utilizado sob o comando de Domènec Torrent.

Últimas