Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Neymar é o brasileiro que mais dribla nas grandes ligas da Europa

Levantamento mostra que atacante é o melhor brasileiro do ranking e primeiro do PSG na lista geral na temporada 2021/22

Futebol|

Neymar é um dos jogadores mais habilidosos em todo o mundo
Neymar é um dos jogadores mais habilidosos em todo o mundo Neymar é um dos jogadores mais habilidosos em todo o mundo

O drible continua sendo um dos artifícios preferidos de Neymar Jr. em campo. Graças a ele, o craque consegue escapar da forte marcação e criar jogadas de perigo para sua equipe. Um levantamento divulgado nesta segunda-feira (1) mostra que o atacante do PSG ainda é o brasileiro que mais utiliza esse recurso entre as cinco principais ligas da Europa.

Os dados foram coletados pelo Centro Internacional de Estudos Esportivos, o CIEE (sigla em inglês), criado em 2005 para analisar performances no esporte pelo mundo. O breve relatório foi feito com base em informações do “InStat” e leva em conta partidas jogadas na temporada 2021/2022 até 27 de outubro de 2021.

Dentro desse critério, entre o fim de agosto e a penúltima semana de outubro, Neymar Jr. atuou em seis jogos da Ligue 1, o Campeonato Francês. O craque é o brasileiro melhor colocado no ranking, o primeiro do Paris Saint-Germain e o 5º na lista geral das “5 Grandes Ligas”.

Neymar dribla, em média, 6,28 vezes por jogo – um drible a cada 9,33 minutos, sendo a porcentagem de acerto na faixa dos 60%. Vale destacar que todos os demais atletas acima do brasileiro jogaram mais vezes que ele em suas ligas nacionais nesta temporada.

Publicidade

Média de dribles entre as 5 grande Ligas da Europa

Adama Traoré – Wolverhampton (ING) | 11.24 dribles - 8 jogos

Publicidade

Rafael Leão – Milan (ITA) | 7.10 dribles – 10 jogos

Allan Saint-Maximin – Newcastle United (ING) | 7.02 dribles - 9 jogos

Publicidade

Kamaldeen Sulemana – Rennes (FRA) | 6.44 dribles - 11 jogos

Neymar Jr – PSG (FRA) | 6.28 dribles– 6 jogos

Publicidade

Cinco Grandes Ligas, segundo CIES – Inglaterra, Espanha, Alemanha, Itália e França

Por R$ 1 bilhão, Beckham aceita ser embaixador da Copa do Mundo

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.