Futebol 'Não vamos fazer isso de novo', diz presidente da Uefa sobre Eurocopa com múltiplas sedes

'Não vamos fazer isso de novo', diz presidente da Uefa sobre Eurocopa com múltiplas sedes

Mandatário citou as grandes distâncias nas viagens como um dos principais problemas

Lance
Lance

Lance

Lance

A atual edição da Eurocopa, com jogos em diversos países do Velho Continente, não deve se repetir novamente. Em entrevista à 'BBC Sports', o presidente da Uefa, Aleksander Ceferin, admitiu que foi um erro o formato da edição 2020 e citou alguns argumentos como a distância que algumas seleções tiveram que viajar.

- Não vou mais concordar com isso. De uma forma, não foi correto que algumas equipes tenham tido que viajar por mais de 10 mil km, e outras por apenas 1 mil km. Nós tivemos muitas viagens, para países com jurisdições diferentes, moedas distintas, integrantes da União Europeia e nações de fora dela também. Não foi fácil - disse, antes de emendar:

- Foi um formato decidido antes de eu assumir (a presidência) e respeito isso. É uma ideia interessante mas de difícil implementação. Não acredito que vamos fazer algo assim de novo - completou Ceferin.

+ Veja a tabela e resultados atualizados da Eurocopa

Esta edição da Eurocopa se deu em 11 sedes diferentes: Amsterdã, Baku, Bucareste, Budapeste, Copenhague, Glasgow, Londres, Munique, Roma, São Petersburgo e Sevilla. A grande decisão da competição ocorre neste domingo, às 16h, em Wembley, entre Inglaterra e Itália.

Últimas