Na reestreia, Fred pode igualar Loco Abreu na artilharia do Nilton Santos

Camisa 9 do Fluminense está a dois gols de igualar a marca do uruguaio e ídolo alvinegro como maior goleador do estádio Nilton Santos, com um total de 41 marcados

Lance

Lance

Lance

O atacante Fred vai ter uma motivação extra na reestreia com a camisa do Fluminense, neste domingo, contra o Volta Redonda, pela quarta rodada da Taça Rio. O camisa 9 tricolor está a dois gols de igualar o uruguaio Loco Abreu como maior artilheiro do estádio Nilton Santos, com 41 gols.

– Minha assessoria falou que faltam dois gols para alcançar o Loco Abreu como artilheiro do Nilton Santos. Já tenho mais um objetivo aí. O principal é ganhar, e vou tentar fazer pelo menos um gol para estrear bem. É uma motivação extra saber que se fizer pelo menos dois vou estar igualando. Lógico que todos esses números têm que aparecer de forma natural, não é motivo de pressão, pelo contrário, só mitiva, isso é legal.

Fred encerrou a passagem anterior pelo Tricolor, em 2016, com 39 gols no estádio. O local foi palco de muitos jogos do clube na campanha dos títulos brasileiros de 2010 e 2012, enquanto o Maracanã esteve fechado para reformas da Copa do Mundo de 2014.

– Quem sabe vou poder escrever um pedacinho do meu nome no Nilton Santos, um estádio importante para a gente, onde conquistamos dois brasileiros, onde a gente conhece também os atalhos. Lógico que não abrimos mão do Maracanã, que é a nossa casa, pelo charme, mas onde jogarmos vamos dar a vida para fazer gols.

Caso não atinja a marca contra o Volta Redonda Fred terá outras chances ainda no Campeonato Carioca. O Presidente do clube, Mário Bittencourt, fez um pedido à Ferj para que o Flu não atuasse no Maracanã, enquanto funcionar um hospital de campanha para as vítimias de Covid-19 no local. São Januário e Nilton Santos, portanto, passam a ser as opções.

O posto de maior artilheiro do Fluminense no Niltão, no entanto, dificilmente será alcançada tão certo por outro jogador tricolor tão cedo. Atrás de Fred, com 39 gols, está Rafael Moura, com 17 anotados.

O ídolo repatriado pelo Tricolor está à frente de outros goleadores alvinegros como Herrera, com 36 gols e Lúcio Flávio, com 23 gols.