Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Mostra sua força! Botafogo tem desafio de manter seu bom retrospecto mesmo em jogos sem Tiquinho Soares

Aproveitamento da equipe em partidas sem o atacante em 2023 também é alto

Futebol|Do R7


Lance
Tiquinho Soares: Alvinegro tenta novas saídas para suprir a ausência do atacante (Foto: Vitor Silva / Botafogo)

O técnico Bruno Lage lidará com uma das situações mais desafiadoras desde seu início de trajetória à frente do Botafogo. Após a confirmação de que Tiquinho Soares ficará longe dos gramados por até cinco semanas, o Glorioso não contará com seu jogador mais decisivo na temporada. São 13 gols e quatro passes em 17 jogos no Campeonato Brasileiro.

No entanto, a saga da equipe neste ano vem evidenciando um traço para deixar o torcedor otimista. Mesmo em jogos nos quais os botafoguenses não contaram com o seu artilheiro, o grupo manteve um rendimento bem satisfatório.

+ Sem ele… Veja em quais partidas Tiquinho Soares deve ser baixa para o Botafogo

O jogador de 32 anos não atuou em dez partidas disputadas até o momento. Em boa parte delas, o Alvinegro soube se desvencilhar da marcação e sair de campo com a vitória (veja abaixo).

Publicidade

Das dez partidas, o Glorioso venceu cinco, enquanto obteve três empates e saiu de campo derrotado em dois jogos. O aproveitamento em 2023 em jogos sem o artilheiro é de 60%.

O rendimento alvinegro em jogos sem o camisa 9 refletiu a luta do Botafogo até o momento. Após o início oscilante que marcou o Campeonato Carioca, o elenco teve uma arrancada para fazer campanha em alto nível. O momento mais evidente do crescimento foi o mata-mata contra o Patronato, da Argentina, quando os botafoguenses levaram a melhor mesmo sem o atacante nos dois jogos.

Publicidade

No entanto, as disputas tendem a ser mais intensas nas próximas semanas. Além de ter o jogo decisivo das oitavas de final com o Guaraní, o Botafogo medirá forças com adversários mais fortes na luta pela liderança. Um dos jogos pelo caminho inclui o clássico diante do Flamengo.

Ainda em busca do melhor caminho para o Botafogo, o técnico Bruno Lage aponta como agirá até encontrar uma cartada ideal.

Publicidade

- As coisas têm que ser feitas de uma forma equilibrada. Tenho aproveitado os últimos dias para treinar. Já teve um jogo que o Tiquinho não jogou e fomos muito bem. Vamos escolher o melhor onze e vencer jogos. Esse é o nosso objetivo - disse.

O Alvinegro encara o Guaraní, do Paraguai, no Defensores del Chaco, na quarta-feira (9).

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.