Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Mesut Özil revela decepção com Guardiola e exalta Mourinho

Ex-jogador contou como chegou ao Real Madrid após se destacar na Alemanha

Futebol|

Lance
Lance Lance

Após pendurar as chuteiras, Mesut Özil relembrou que esteve na mira de Real Madrid e Barcelona após se destacar com a camisa do Werder Bremen. Em entrevista ao "Marca", o alemão explicou sua decisão por jogar na equipe da capital espanhola e comentou sobre a participação decisiva de José Mourinho.

- Não sei se isso é sabido, mas visitei o Real Madrid e o Barcelona naquela época e a diferença foi o José Mourinho. Mou me deu uma visita VIP ao Real Madrid. Me levou para conhecer o estádio e todos os troféus que haviam vencido. Isso me deu arrepio. A visita no Barcelona foi menos entusiasta e o mais decepcionante foi que Pep Guardiola não se preocupou em me conhecer. Antes dessa viagem, eu gostava muito do estilo de futebol do Barcelona e conseguia me imaginar jogando com eles, mas o Real Madrid foi com tudo. José Mourinho foi o fator mais importante para mim. Depois das visitas, minha decisão estava clara: queria ser madridista.

+ Cristiano Ronaldo se isola no topo! Veja os 25 jogadores com mais jogos por seleções na história

Treinado por José Mourinho, Arsène Wenger e até Vitor Pereira, Özil não duvidou em eleger o Special One como o maior técnico com quem trabalhou ao longo de sua carreira e explicou os motivos.

Publicidade

- Para mim, José Mourinho é o maior treinador deste século. Sua compreensão tática é outra coisa, mas também sua forma de falar no vestiário. E como sempre protege sua equipe diante da imprensa. É realmente um treinador de classe mundial.

Aos 34 anos, Özil decidiu se aposentar com a camisa do Istanbul Basaksehir. Em sua carreira, o meia conquistou diversos títulos com Real Madrid e Arsenal, mas também a Copa do Mundo com a Alemanha em 2014, no Brasil.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.