Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Mesmo com risco de transfer ban, Corinthians quer usar as datas Fifa para agilizar contatos na busca por reforços

Timão conta com a ajuda de empresários parceiros para mapear o mercado internacional em busca de atletas com o perfil desejado pelo...

Futebol|Do R7

Lance
Lance Lance

Sem jogos até o dia 21 de junho, quando enfrenta o Santos, pelo Campeonato Brasieiro, o Corinthians deve viver um período de movimentações fora das quatro linhas nas próximas semanas.Isso porque a diretoria do clube alvinegro pretende usar a pausa por conta das datas reservadas pela Fifa para jogos entre seleções e intensificar alguns contatos a fim de se encaminhar com reforços para o restante desta temporada. 

Atenta quanto ao risco de ser impedido de registrar novos atletas, por conta de dívidas com o atacante argentino Mauro Boselli, que defendeu o clube entre 2019 e 2020, a direção corintiana não deixa de monitorar o mercado. O Timão está confiante que conseguirá entrar em um acordo com o jogador até a abertura da próxima janela de transferências, que acontece no dia 3 de julho. 

+ Todos os jogos do Brasileirão você encontra no Prime Video. Assine já e acompanhe o seu time do coração!

Nos últimos dias, a diretoria do Corinthians conversou com empresários que possuem um bom trânsito no clube para que eles auxiliassem o time a buscar peças para setores considerados carentes, como a zaga, o meio-campo defensivo e pontas no cenário internacional, já que não há opções viáveis financeiramente no futebol brasileiro que agradem. A equipe alvinegra também tem o interesse na contratação de laterais, mas não trata a posição como prioridade no momento.

Publicidade

E foi usando da boa relação com os representantes do meia paraguaio Matías Rojas que o Timão encaminhou a contratação do jogador, que deve ser confirmada nos próximos dias, quando se encerra o contrato dele com o Racing, da Argentina. 

+ Ruan Oliveira entra no segundo tempo e evita derrota do Corinthians contra o Cuiabá

Publicidade

Esses contatos com agentes também fizeram com que o departamento de futebol corintiano chegasse a um acordo com o zagueiro Lucas Veríssimo, que atualmente defende o Benfica, de Portugal, e o volante Gustavo Cuellar, do Al-Hilal, da Arábia Saudita, mas em ambos os casos os negócios foram travados pelos times que esses atletas defendem hoje. Assim, o Corinthians voltou à ‘estaca zero’ e busca novas alternativas no mercado e conta com o bom trânsito de alguns empresários considerados parceiros para encontrar soluções para esses negócios que ‘melaram’.

O plano do Timão é justamente encontrar peças com as características desejadas e já entrar em contato para iniciar as negociações durante a data Fifa.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.