Melhor em campo, Bruno Henrique enaltece torcida no Qatar

Atacante do Flamengo concedeu entrevista coletiva após a vitória por 3 a 1, pela semifinal do Mundial de Clubes. A decisão será neste sábado

Bruno Henrique foi fundamental para vitória do Flamengo na semifinal

Bruno Henrique foi fundamental para vitória do Flamengo na semifinal

Ibraheem Al Omari/Reuters - 17.12.2019

No primeiro tempo, um cartão amarelo por nervosismo e a melhor chance desperdiçada. O placar era adverso. Bruno Henrique foi para o intervalo sem ter tido um primeiro tempo à altura de sua temporada. Mas, no segundo, tudo mudou na semifinal do Mundial de Clubes. O camisa 27 foi decisivo, marcou o gol da virada do Flamengo e participou diretamente do terceiro, marcado contra pelo zagueiro do Al Hilal: 3 a 1.

Monterrey-MEX e Liverpool-ING fazem a segunda semifinal nesta quarta-feira, às 14h30 (de Brasília), no Estádio Internacional Khalifa, no Qatar. O vencedor do confronto enfrenta o Flamengo, no sábado, no mesmo estádio.

Bruno Henrique acabou sendo eleito o melhor jogador da partida, eleito pela votação oficial da Fifa. Na entrevista coletiva, o camisa 27 fez questão de elevar o tom ao elogiar a torcida presente no Qatar.

"A torcida é nosso 12º jogador. Fizeram o esforço de vir para o Qatar e estamos felizes de tê-los ao nosso lado. Vai chegar mais gente essa semana e faremos de tudo para dar alegria para eles", disse, completando sobre o panorama do jogo:

"Não acho que estivemos tão abaixo assim no primeiro tempo. Faltou fazermos o que treinamos. Sabíamos que o Al Hilal não manteria a intensidade no segundo tempo. Conseguimos fazer as jogadas e não foi só o individual que nos levou a final, mas o coletivo", disse.

"Vai ser um grande jogo. A gente já está na final, agora é esperar o próximo adversário, com humildade, respeitando como a gente fez durante o ano. O que vier a gente vai encarar com muita responsabilidade e dedicação", finalizou.

Veja melhores imagens de Flamengo e Al Hilal pela semifinal do Mundial