Futebol Meia Pedrinho e lateral-esquerdo Patryck devem subir para o profissional do São Paulo após a Copinha

Meia Pedrinho e lateral-esquerdo Patryck devem subir para o profissional do São Paulo após a Copinha

Segundo o diretor de futebol Carlos Belmonte, a subida dos dois jogadores é certa e o Tricolor deve ficar com uma quantidade de atletas...

Lance
Lance

Lance

Lance

O São Paulo, até o momento, contou com a despedida de doze jogadores - se contar com Patrick, que viajou até Minas Gerais para fechar com o Atlético-MG. Quanto aos reforços, foram anunciados seis. Entretanto, o Tricolor deve contar com a subida de dois atletas de Cotia, que disputam atualmente a Copa São Paulo de Futebol Júnior: o meia Pedrinho e o lateral-esquerdo Patryck.

A informação foi confirmada pelo próprio diretor de futebol do clube, Carlos Belmonte, em entrevista ao canal dos jornalistas Arnaldo Ribeiro e Eduardo Tironi. Segundo o dirigente, com a volta de Liziero e Orejuela, a vinda dos reforços e a integração de novas crias de Cotia, o elenco tricolor irá ficar praticamente do tamanho da equipe da última temporada, mesmo com o alto número de despedidas.

Lucas Lima, Pato e outros: listamos 15 jogadores brasileiros famosos que estão sem time

Veja tabela do Campeonato Paulista e simule os próximos jogos

- Apesar das saídas, temos os retornos. Além das contratações, temos a volta do Liziero e do Orejuela, além da volta do Arboleda que praticamente não jogou no ano passado. Tem as subidas certas do Patryck e do Pedrinho. O elenco do São Paulo vai ficar do tamanho que nós tínhamos na última temporada - disse Carlos Belmonte.

O LANCE! já havia adiantado sobre a situação do meia Pedrinho. Revelado na base são-paulina, a expectativa era a citada pelo diretor. Ao que tudo indica, de acordo com pessoas ligadas ao atleta, o jovem jogador teria despertado o interesse de Rogério Ceni. Um dos grandes pontos fortes do meia seriam os dribles, passes decisivos e a inteligência. Em 2021, renovou seu vínculo até 2024.

Quanto a Patryck, o lateral-esquerdo chegou a estrear pelo profissional em 2022, em julho. Na ocasião, foi titular contra o Fluminense, mas esteve somente trinta minutos em campo. A posição de lateral-esquerdo acendeu alguns radares do Tricolor após a despedida de Reinaldo. Atualmente, conta com Welington e Liziero. O Patryck seria mais uma opção para o setor.

Na época, Rogério Ceni veio à tona e explicou os poucos minutos do atleta na partida em questão. O treinador destacou que 'não foi culpa dele', mas deixou claro que o jogador teria mais chances sob seu comando. E assim será.

- O Patryck tem que ficar feliz, não triste. Teve seus primeiros 30 minutos de jogo e terá outros. Vai ficar treinando. Só enfrentando a realidade que se aprende - disse Ceni na época.

Provavelmente, os atletas de Cotia ainda não devem estar disponíveis para o início do Campeonato Paulista. Isso porque a Copa São Paulo de Futebol Júnior está encerrando a primeira fase nos próximos dias, já com a classificação do Tricolor garantida, e o clube do Morumbi estreia no estadual neste domingo (15).

Últimas