Futebol Mário Jorge analisa atuação do Flamengo no Carioca: 'Entregamos bem'

Mário Jorge analisa atuação do Flamengo no Carioca: 'Entregamos bem'

Rubro-Negro entrou em campo com time alternativo e ficou apenas no empate com o Nova Iguaçu neste domingo (21)

Lance
Lance

Lance

Lance

O Flamengo empatou em 1 a 1 com o Nova Iguaçu neste domingo (21), no Estádio Almeidão, em João Pessoa, na Paraíba, em jogo válido pela 2ª rodada do Campeonato Carioca. Após a partida, o técnico Mário Jorge, que comandou o time alternativo que entrou em campo pelo Rubro-Negro, concedeu entrevista coletiva.

➡️ Tudo sobre o Mengão agora no WhatsApp. Siga o nosso novo canal Lance! Flamengo

Apesar de não ter conquistado a vitória, o treinador aprovou a atuação da equipe, sobretudo no segundo tempo. Segundo Mário, os jovens do Flamengo demonstraram um nervosismo no início da partida, mas conseguiram entregar um bom desempenho.

- O ponto positivo é que o nosso segundo tempo foi muito bom, conseguimos adiantar o time e jogar mais tempo dentro do campo do adversário, criamos algumas situações e fizemos o gol com o Thiago. Acho que tínhamos que controlar um pouco a ansiedade, os meninos entraram bem ansiosos, tomando algumas decisões equivocadas, mas é algo natural para um time jovem. No balanço total do jogo, acredito que entregamos bem e tenho certeza que os meninos vão evoluir - analisou Mário Jorge.

O interino falou também sobre a importância e oportunidade de ter Tite no clube. De acordo com Mário, a presença do ex-treinador da Seleção Brasileira é positivo tanto para ele quanto para os atletas, que podem aprender com o comandante do Flamengo.

- Ter o Tite no nosso dia a dia é algo muito proveitoso, para mim como treinador é algo incrível, e para os atletas é mais importante ainda. Espero que eles possam aproveitar bastante o Tite no dia a dia e consigam adquirir aprendizado e conselhos para a sequência da carreira - comentou o técnico do Flamengo nesta noite.

Confira outros pontos da coletiva de Mário Jorge:

- Vivemos em uma modalidade esportiva que se tem muita cobrança, para os meninos ter essa experiência de sair atrás do placar e buscar o empate, tenho certeza que eles viveram literalmente a música que é cantada nas arquibancadas “Vai para cima deles, Mengo”. Acho que a experiência que eles tiveram aqui hoje será muito importante para a formação deles e a continuidade da carreira, seja no Flamengo ou não.

- O contato com o torcedor rubro-negro é interessante, os jovens na base não tem o costume de pegar um estádio tão cheio. Eles passarem por essa experiência muito positiva, foi uma recepção fantástica desde a nossa chegada.

- Não sei para onde o Werton está indo, sei que ele estourou a idade do Sub-20. Então ele não tem mais idade para jogar com a gente, por isso fiz questão de levá-lo. É um menino que eu tenho um carinho muito especial, espero que para onde ele vá, tenha sucesso e consiga realizar a sua carreira esportivamente.

Últimas