Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Marcos Leonardo mantém mistério sobre comemoração polêmica após marcar duas vezes pelo Santos contra o Botafogo: 'É coisa minha'

Jogador gesto como se estivesse pedindo silêncio após marcar pela segunda vez no empate em 2 a 2 com o líder do Brasileirão...

Futebol|Do R7

Lance
Lance Lance

Autor dos gols do Santos no empate em 2 a 2 com o Botafogo, na tarde deste domingo (23), pelo Campeonato Brasileiro, o atacante Marcos Leonardo celebrou um dos feitos levando o dedo indicador à boca, como se estivesse pedindo silêncio. O Peixe jogou em casa contra o Glorioso e, ainda assim, a partida aconteceu com os portões fechados, já que o clube paulista cumpre suspensão. Marcos, no entanto, manteve o mistério e não quis revelar o motivo da comemoração.

- Sobre a comemoração, prefiro não falar, é coisa minha - disse Marcos Leonardo às detentoras dos direitos de transmissão, em entrevista realizada ao fim da partida. 

+ Já atualizou sua camisa de 2023? Confira os novos uniformes do Peixe!

O centroavante abriu o placar aos 23 minutos do primeiro tempo em um lance que deixou o zagueiro Adryelson, do Fogão, no chão antes de finalizar. O defensor botafoguense, no entanto, viria a marcar o gol de empate, aos 42 minutos do segundo tempo.

Publicidade

- Infelizmente, não saímos com a vitória, depois de um grande jogo. São os líderes, é difícil falar nesse momento. Agora é continuar trabalhando com o professor, não podemos tomar esses gols bobos, de bola aérea, escanteio - falou o atacante sobre o gol da equipe carioca, que definiu o empate.

Já o segundo gol santista, que também foi marcado por Marcos Leonardo, foi anotado aos 35 minutos da etapa final. Dessa vez, o camisa 9 fez jus ao número que veste a camisa e só escorou um cruzamento rasteiro de Lucas Lima.

Prata da casa, Marcos continua no Peixe, ainda que a expectativa para a sua saída nesta janela de transferências tenha sido projetada, com rumores de venda para o futebol europeu. A Lazio, da Itália, avaliou a contratação do jogador e até mesmo sinalizou a possibilidade de pagar 15 milhões de euros (R$ 79,5 milhões) ao estafe do atleta. Porém, o time italiano recuou após contratar o argentino Taty Castellanos, que estava no Girona, da Espanha, pelo mesmo valor.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.