Futebol Mano Menezes evita críticas à diretoria do Corinthians e explica processo: 'Futebol é muito duro'

Mano Menezes evita críticas à diretoria do Corinthians e explica processo: 'Futebol é muito duro'

Timão conhece sua quarta derrota seguida na competição e permanece na última colocação do grupo C

Lance
Lance

Lance

Lance

Treinador do Corinthians, Mano Menezes evitou criticar a diretoria do clube após a derrota da equipe para o Novorizontino por 3 a 1, na Neo Química Arena, pelo Campeonato Paulista.

Apesar de admitir que o elenco precisa ser reforçado nesta janela de transferências, o treinador acredita que o Timão pode produzir mais com os jogadores que estão à disposição.

➡️ Tudo sobre o Timão agora no WhatsApp. Siga o nosso novo canal Lance! Corinthians

- Eu não quero arrumar desculpa, parece que estaria justificando resultado. O ideal era ter acontecido, mas a realidade é essa e deveríamos estar produzindo mais como equipe. É isso que estamos devendo - disse Mano Menezes.

- Não cabe a mim fazer análise das outras pessoas, cada um tem sua parte no processo, as intenções são as melhores possíveis, mas o futebol é muito duro e não é justo - completou o treinador.

Questionado a respeito de sua permanência à frente do comando técnico da equipe, Mano diz entender o sentimento de angustia do torcedor, mas afirmou que está preparada para liderar o processo de reformulação do clube.

➡️ Novorizontino passeia em Itaquera, e Corinthians amarga quarta derrota seguida no Paulistão

- Entendo a visão do torcedor, a pressão, tudo que ele está sentindo estamos sentindo também. O caminho é árduo, vamos trabalhar até quando acharem que sou eu que tenho que conduzir o processo - finalizou Mano.

Com apenas três pontos conquistados após cinco rodadas, o Corinthians permanece na lanterna do grupo C do Paulistão. Dono da terceira pior campanha do torneio, o Timão está fora da zona de rebaixamento em razão do saldo de gols. O Ituano, que joga neste domingo, tem menos seis gols de saldo contra menos quatro do Timão.

Últimas