Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Manchester City vence Sevilla nos pênaltis e conquista título inédito da Supercopa da Uefa

Time de Guardiola inicia a temporada 2023/24 faturando um dos poucos títulos que restam

Futebol|Do R7


Lance
Manchester City vence Sevilla nos pênaltis e fatura a Supercopa da Uefa (ARIS MESSINIS / AFP)

Os campeões da Champions League e Liga Europa da última temporada entraram em campo na tarde desta quarta-feira (16) pela decisão da Supercopa da Uefa. Manchester City e Sevilla duelaram em 90 minutos e terminaram com o placar em 1 a 1, com gols de Palmer e En-Nesyri. Na disputa por pênaltis, os ingleses venceram por 5 a 4 e conquistaram o título inédito.

COMO FOI A PARTIDA?

Favorito ao título, o City iniciou a partida pressionando o Sevilla intensamente. Aos sete minutos, a primeira grande defesa de Bono. Em cruzamento, após escanteio curto, Aké cabeceou para o gol, a bola quicou no chão e exigiu uma defesaça do goleiro marroquino.

+ Neymar no Al-Hilal! Redação do Lance! opina se astro brasileiro acertou ou não ao seguir para a Arábia Saudita

Publicidade

A pressão inglesa foi mantida, mas foram os espanhóis que abriram o placar. Aos 24 minutos, a jogada teve início justamente com Bono. O goleiro afastou a bola para o meio-campo, Ocampos recebeu e passou para Acuña. O jogador cruzou na área para En-Nesyri que, entre Gvardiol e Aké, subiu mais alto e cabeceou forte para o fundo da rede. 

A primeira etapa terminou com pressão absoluta do City, com 74% da posse de bola contra 26%, além de nove finalizações contra quatro. Apesar das estatísticas, somente o Sevilla foi efetivo e marcou gol.

Publicidade

Diferente do primeiro tempo, o segundo iniciou com muita pressão do time espanhol. Nos primeiros 15 minutos foram quatro chances perigosas, com duas defesas de Ederson e dois desarmes dos defensores na área. Sem efetividade, o City cresceu na partida e encontrou o caminho do empate com Palmer. Rodri cruzou na segunda trave e o meio-campista, na tentativa de cabecear para Haaland, viu a bola entrar no gol.

O Manchester City pressionou até o fim, mas não chegou ao segundo gol, enquanto o Sevilla preferiu se defender e buscar a decisão por pênaltis.

Nas penalidades, os jogadores de ambas as equipes demonstraram muita qualidade. Foram nove cobranças dentro do gol e somente um erro. Na décima, o zagueiro Gudelj cobrou no travessão e entregou o título para o Manchester City.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.