Futebol Luxemburgo valoriza empate do Corinthians contra o Bahia e evita dar arma para o São Paulo em jogo decisivo

Luxemburgo valoriza empate do Corinthians contra o Bahia e evita dar arma para o São Paulo em jogo decisivo

Treinador admitiu que o Timão poderia conseguir a vitória, mas exaltou o resultado em Salvador e sequência de cinco jogos...

Lance
Lance

Lance

Lance

O técnico Vanderlei Luxemburgo valorizou o empate sem gols entre Bahia e Corinthians, neste sábado (22), pelo Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Timão chegou ao quinto jogo sem derrotas.

Luxa admitiu que o time poderia ter saído de Salvador com os três pontos, mas que o desempenho na Arena Fonte Nova estava dentro da estratégia planejada, com o time mais fechado no primeiro tempo e mais solto no segundo.

+ Renove o seu estoque de camisas do Timão com o cupom LANCEFUT 10% OFF

- Se nós tivéssemos saído para casa com um empate, não seria um resultado muito bom, pela forma que jogamos? Então, é valorizar o resultado. Agora, no final, falamos sobre isso aí. Quando você não pode ganhar, você empata. Se nós tivéssemos feito, desde que começamos o nosso trabalho, de seis pontos, ganha quatro, de nove, ganha sete, a nossa pontuação seria diferente. As pessoas querem as coisas do jeito que elas pensam, e não como o campeonato oferece. Dentro do que combinamos para o jogo estrategicamente, funcionou. Primeiro tempo de uma maneira mais fechada, mais ‘acanhada’, porque sabíamos que o time deles seria muito intenso em marcação, perde e pressiona, marcação adiantada. Mas no segundo tempo, a gente deixou o time mais leve para buscar as jogadas, como tivemos chances de matar o adversário - disse Vanderlei em entrevista coletiva após o empate.

-  Foi um jogo estratégico, passamos sufoco, é normal, com a equipe que jogamos no segundo tempo mais aberta, no primeiro mais fechadinha. Passamos sufoco, mas tivemos chances de matar o jogo. Valorizar o resultado porque o Campeonato brasileiro é muito difícil. De seis pontos, ganhamos quatro. Cinco jogos sem perder, dois jogos fora de casa sem tomar gols - completou o treinador corintiano.

Agora, o Corinthians se prepara para o duelo decisivo pela Copa do Brasil, contra o São Paulo. Nesta terça-feira (25), o Timão recebe o Tricolor, pelo jogo de ida da semifinal, na Neo Química Arena. Luxa, no entanto, não quis falar da partida para não dar armas ao adversário.

- Torcedor é torcedor, a gente respeita. Não posso dar vantagem ao adversário do que vou fazer em um jogo decisivo. Ele não vai me falar nada também. Não tenho que falar nada para ele. Trabalhar, esperar o jogo decisivo. Estar preparado para jogar com linha de quatro, com quatro zagueiros, como eu joguei, Gil, Murillo e Caetano, para ficar mais sólido, com três zagueiros, e o Bruno jogando como falso lateral. Tudo isso já consolidamos. Estamos preparados para jogar um jogo decisivo - afirmou o técnico.

Luxemburgo aproveitou a oportunidade para pedir o apoio do torcedor corintiano. Recentemente, o elenco, assim como a diretoria, foi alvo de protestos pela Fiel. Agora, com a equipe alvinegra com uma sequência sem derrotas, o treinador acredita que é um novo momento da relação entre o time e a arquibancada.

- É outro momento nosso na relação com o nosso torcedor, das coisas que estamos começando a avançar. A gente conta bastante com o nosso torcedor nesse jogo decisivo. E os nossos jogadores estão preparados para jogar esse jogo decisivo. Decisão é diferente, a banda toca diferente. Estou bastante feliz por eles.

Últimas