Futebol Luís Castro comenta saída do Botafogo e perda do título do Brasileirão: 'Jamais esquecerei'

Luís Castro comenta saída do Botafogo e perda do título do Brasileirão: 'Jamais esquecerei'

Treinador falou sobre o Alvinegro pela primeira vez após assumir o Al-Nassr

Lance
Lance

Lance

Lance

O ex-treinador do Botafogo Luís Castro concedeu entrevista ao "O Jogo" e comentou a saída do clube carioca. Atualmente treinando o Al-Nassr, de Cristiano Ronaldo, o português também falou sobre a queda de rendimento no Brasileirão após sua saída.

- Estava convicto de que o Botafogo seria campeão, pela qualidade dos jogadores e pela sua dimensão humana. Eram fantásticos, mas como em tudo na vida é necessário contexto para a qualidade se manifestar. Em determinado momento esse contexto não existiu e aconteceu o que toda a gente sabe. É uma equipe que jamais esquecerei, fundamentalmente pela forma unida como esteve nos momentos ruins, em que nos fechamos muito e evitamos que nos tocassem - disse Luís Castro.

Castro deixou o Brasil em junhor de 2023. O Alvinegro era o líder do Campeonato Nacional até a saída do português para a Arábia.

- Sei pouco do que se passou após a minha saída. Foi com tristeza que não vi o Botafogo campeão. Depois de ver a equipe com 13 pontos de vantagem jamais pensei que iria perder. Mas não é o fim do mundo, porque o Botafogo é um clube de grande prestígio, com uma história maravilhosa e ídolos que são referências do futebol mundial. A torcida adepta é muito emocional e adora o clube - completou.

Agora com Tiago Nunes, o Botafogo ainda tenta voltar ao caminho das vitórias que viveu em 2023. O time de John Textor está agindo no mercado e tenta reforçar o elenco para não repetir os erros da última temporada. Com a consolidação da SAF, o Alvinegro vislumbra um futuro com muitas conquistas. E, segundo o prórprio Luís Castro, o português pode vir a fazer parte desse futuro.

- Gostei muito e um dia talvez volte. Aliás, posso afirmar que gostaria de voltar ao Brasil. Tenho boas recordações de tudo. É um campeonato com uma competitividade enorme, há equipes campeãs que descem de divisão. Nada pode ser dado como adquirido, pois a luta é até ao fim - disse o português

Últimas