Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Lucas tira peso de James em eliminação e aponta o que faltou para classificação do São Paulo

Atacante atribuiu eliminação à atuação do time no primeiro tempo do jogo de ida

Futebol|

Lance
Lance Lance

Após o duelo entre São Paulo e LDU pelas quartas de final da Sul-Americana, com eliminação do Tricolor nos pênaltis, o atacante Lucas Moura falou com a imprensa na zona mista do estádio do Morumbi (veja o vídeo acima). O jogador fez questão de tirar o peso da queda das costas de James Rodriguez, que perdeu a única cobrança do time.

- O James é um jogador extraordinário e não tem que se desculpar por nada. Faz parte do futebol. Acho que o mais importante é o que você entrega dentro de campo, as suas atitudes - iniciou o camisa 7.

+ Assista aos jogos do seu clube do coração com aquela gelada! Copo Stanley a partir de R$120,00

Na sequência, Lucas valorizou a atuação do companheiro de equipe. James Rodriguez deu a assistência para o gol de Arboleda, que empatou o duelo no agregado e permitiu que o São Paulo levasse a disputa, pelo menos, para as cobranças de pênalti.

Publicidade

- Ele jogou muita bola hoje, o pênalti é uma infelicidade. Eu sempre falo que no futebol você pode errar um passe, um gol, mas nunca pode faltar atitude. Ele tem que sair de cabeça erguida.

Sobre o jogo, Lucas evitou falar em merecimento por parte do São Paulo, que desperdiçou inúmeras chances de gol na partida. No entanto, o jogador afirmou que o time jogou o suficiente para construir um placar mais elástico, o que garantiria a classificação da equipe sem a necessidade das cobranças de pênalti.

Publicidade

+ Renove o seu estoque de camisas do Tricolor com o cupom LANCEFUT 10% OFF

- É difícil falar em merecimento no futebol. Você tem oportunidades e, se não faz o gol, não dá para falar que mereceu. No primeiro jogo, principalmente o primeiro tempo, eles foram muito superiores à nossa equipe e, pela circunstância do jogo, saímos no lucro com o 2 a 1. Um resultado reversível no Morumbi, diante do nosso torcedor. Acredito que (no Morumbi) a gente jogou bola para fazer um placar mais elástico.

Publicidade

Por fim, o atacante olhou para o futuro do São Paulo. O time de Dorival Júnior ainda tem a final da Copa do Brasil para disputar, diante do Flamengo, e precisa se reerguer no Brasileirão, competição em que não vence há cinco rodadas.

- A gente sai daqui muito chateado. Acontece (a eliminação), faz parte do futebol. Agora é se preparar para se reerguer no Brasileiro e ainda temos uma final para disputar.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.